sexta-feira, 25 de outubro de 2013

O desfralde - parte 2, a missão - by Aline Martins

Olá queridos leitores de nosso bloguinho.

Eu já contei pra vocês que fiz o desfralde do FH, aliás, esse tema já foi bastante explorado aqui no nosso blog né? Mas eu preciso contar um segredinho pra vocês. FH não desfraldou completamente desde o início. E isso me deixou mega preocupada.

Deixa eu explicar. FH desfraldou completamente para o xixi, mas não para o cocô. Na verdade, umas duas semanas antes dele completar 3 anos ele começou a fazer cocô no vaso, com o redutor, e estava indo tudo muito bem até que de repente ele simplesmente desistiu. Não quis mais saber do vaso e pediu pra fazer na fralda. Como eu já sabia que desfralde é meio complicado e requer muita paciência, deixei. E a partir daí, minha gente, nunca mais esse menino quis outra coisa que não fosse a fralda. Tentei de tudo: promessas, historinhas, musiquinhas, conversas curtas, longas, adesivos de premiação e até um submarino de brinquedo caso ele voltasse pro vaso (ou pro penico). Tudo em vão.

Conversei com a pediatra dele (que é nefrologista também) e ela disse que isso era bem comum, e que cada criança tem um jeito de largar as fraldas, que era pra eu ter paciência, insistir sem pressionar demais e esperar o tempo dele.

E o “pressionar” é um problema. Algumas vezes eu conseguia convencê-lo de tentar. Ele ia pro vaso, ficava lá um tempo, levava livro, levava tablet, ficava escondido, fechava a porta, e nada. E talvez por insistência minha, acabava desistindo também da fralda e ficava com o intestino preso. Ou seja, logo desisti da ideia de tentar convencê-lo. Não queria que meu filho acabasse desenvolvendo trauma de ir no banheiro. Definitivamente, esse não era meu objetivo.

E de repente ele simplesmente resolveu que só iria no banheiro de novo quando completasse 4 anos. Daí iria fazer no vaso e ganhar o submarino. E nada o fazia mudar de ideia. E eu cada vez mais apreensiva e me sentindo culpada e péssima mãe, afinal, todas as crianças da idade dele faziam cocô no vaso sem problemas e só ele não?

Até que por acaso descobri um fórum de discussão sobre esse tema no Minha mãe que disse. E lá eu vi que não era a única mãe do mundo a passar por esse tipo de situação. Que alívio. Depois de ler o que muitas mães escreveram, resolvi desencanar e parei de me preocupar com isso. Quase não tocava mais no assunto com o FH. Na verdade, ele até se lembrava mais disso do que eu (mas sempre me lembrando dos 4 anos hehehe).

Até que outro dia, conversando com a professora da escola, entramos nesse assunto e eu contei o que estava acontecendo. E ela me disse: vou te ajudar com isso, porque tem outros coleguinhas aqui na sala com o mesmo problema. Confesso que nem botei muita fé, afinal, já tinha desistido e estava esperando os 4 anos né? FH chegou em casa, todo impressionado, contando a historinha do cocô que a tia Zil tinha contado na sala. E disse, sem delongas: “porque agora eu sou um menino grande, e não vou mais usar fralda, só o vaso”. Ficamos felizes com a decisão dele, comemoramos e só. Eis que a noite, ele resolveu. Nos comunicou que ele era um menino grande, que ia no banheiro e foi. Fechou a porta, sentou no vaso, fez cocô e gritou: “paaaaiii, já fez!!!!”

Gente, tô escrevendo isso emocionada! Vocês nem imaginam. Papai foi lá, limpou o bumbum e comemoramos muito!!! Muito mesmo! E ele está se sentindo grande e importante, finalmente um menino completo hehehe

Bem vindo submarino!!!! Obrigada tia Zil!!!

 E pra todas as mães que estão passando por isso, fé! Uma hora vai. E é no tempo do seu filhote! Tenha paciência. Esse é, de fato, o melhor conselho!

Um beijo,
Aline

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...