sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Seu filho é "danado"? - by Aline Martins

Eu vejo algumas mães reclamando que seus filhos não param quietos, são “danados” demais, não conseguem parar um minuto, e elas reclamam porque se sentem exaustas com tanto pique.

FH é bem ativo. Mas eu nunca o chamei de “danado” (apesar de ter gente que acha hehehe), talvez porque eu tenha tido essa energia toda quando criança também (e levei centenas de broncas por isso na infância). Mas talvez porque eu vejo as coisas com outro olhar: eu sempre achei mais vantajoso a criança mais ativa do que a mais quietinha. A mais ativa, você precisa frear: vai com calma, assim não, aí existe um limite. A criança quietinha você tem que empurrar pra tudo: vai lá, conversa, faz amizade, ouse, desafie...

Sei lá, eu acho que não conseguiria ser mãe de criança quietinha. Eu me sentiria exausta de ter que dizer o tempo todo pro meu filho experimentar a vida.

Quando criança eu ouvi tanta coisa sobre “fica quieta”. Do tipo: ninguém gosta de quem é danado; quando você crescer ninguém vai gostar de você, porque você não para quieta; tem que ficar quieta pra respeitar os outros. E por aí vai.

Eu não quero que o FH passe por isso. E acho que ser uma criança educada não é sinônimo de “ser quietinha”. Na verdade, são conceitos bem distintos. A criança pode ter muita energia, brincar muito, ser muito ativa e ao mesmo tempo dizer bom dia, por favor, obrigado, com licença. Por que não? E FH diz todas essas palavras, uma gracinha. Mas é ligado na tomada 220V das 6h às 21h, todas os dias (com uma pequena soneca de 1h30min no meio do dia hehehe). Eu fico exausta? Ô! Mas é um cansaço satisfeito, de vê-lo crescer sem medo de ser feliz, sendo ele mesmo, se divertindo, e ao mesmo tempo, descobrindo o mundo, no ritmo e por conta dele.

Outro dia vi um vídeo no youtube que eu vou compartilhar com vocês. Fala da importância do movimento e da dança pras crianças. Mas prestem atenção na entrevista do começo do vídeo, o que ele diz sobre crianças “danadas”.

 http://youtu.be/VBBaNT5zisE

Quando seu filho aprontar todas na sua cabeça, respire fundo, chame a atenção dele se ele tiver passado dos limites, mas não brigue com ele pelo simples fato dele ter muita energia. Ao contrário, agradeça por isso. É sinal de que ele está cheio de vida!

Beijos,
Aline

2 comentários:

  1. Meu Heitor tb é muito ativo... Linda reflexão Aline!! Bjs

    ResponderExcluir
  2. Thanira B Moreira2 de agosto de 2013 16:35

    Adorei....tô muito em duvida se tenho ou não uma "danadinha" em casa heheheheh vamos ver o que o tempo diz....

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...