sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Minha experiência no desfralde do meu filho.- By Aline Pereira

Imagem daqui
Olá querida leitoras! Muito bom voltar a escrever nesse cantinho tão especial.

 Hoje gostaria de compartilhar com vocês como foi minha experiência no desfralde diurno do meu pequeno.

 Eu tentei iniciar o desfralde logo que ele completou 2 aninhos, comprei um piniquinho e um redutor de assento. Mas acredito que ele não estava preparado porque nunca pedia para ir ao banheiro e quando eu perguntava sempre respondia que não e de repente fazia nas calças. Ai deixei quieto e resolvi esperar mais um tempinho até porque fiquei cansada de tanto lavar cuequinhas e limpar o chão de casa. Tapei meus ouvidos para os comentários das pessoas que ficavam falando que ele já tinha que estar usando o banheiro e deixei rolar.

 Nessa etapa conversei com o pediatra a respeito e o que ele me orientou é que eu tinha que esperar o tempo dele e ter muita paciência. O Lucas começou a escolinha em Fevereiro desse ano, ele estava com 2 anos e 3 meses. O convívio diário com outras crianças acredito que ajudou e muito nessa nova fase da vida dele. Mesmo que em casa nós mães nunca conseguimos ir sozinhas no banheiro, sempre temos a companhia dos pequenos acho que não é a mesma coisa, ele vendo outras crianças ele se vê na situação e sempre tenta imitar.

Em Março teve um domingo que ele veio e falou que queria fazer xixi, falei para ele que poderia fazer que ele estava com fraldinha. Nisso ele disse que queria ir na privadinha. Nossa foi uma festa, fez xixi pela primeira vez no vaso sanitário. Fizemos a maior folia com ele.Não quis usar nem o redutor de assento nem o piniquinho. Esses foram dois investimentos que gastei dinheiro a toa.

 Ai para fazer o coco foi tudo certinho, somente na primeira vez! Acho que ele deve ter sentido uma dorzinha e associou isso a privada, com isso não queria mais fazer na privada sempre que queria fazer coco ele corria para o quarto dele e pegava a fralda e pedia para colocar para ele fazer coco. E não teve jeito de negociar com nada! Eu contava historinha, fiz um quadrinho para ele colocar figurinhas quando fizesse o coco na privadinha e nada adiantou. Expus a situação para o pediatra novamente e ele me orientou a conversar na escola, pedir para as professoras fazer com que ele fizesse o coco na escola. E não é que deu certo. No primeiro dia que ele fez na escola, que foi agora no início de Agosto, desde então ele vai certinho na privada.

Fiquei muito feliz com a evolução do meu menininho. Acho que todos os pais vibram com qualquer vitória na evolução da vida de seus filhos, não é mesmo?

 O desfralde noturno é um tiquinho mais complicado, sempre ouvi dizer que a fralda tem que começar a amanhecer sequinha para poder tirá-la, o que não é o caso do Lucas que ainda amanhece mega encharcada! Então nova etapa vai demorar mais um tempo para acontecer.

 Sinceramente eu achei que seria mais complicado essa fase e não foi!
Com isso a dica que eu deixo da minha experiência é que tem que esperar o tempo de cada criança, nunca compare seu filho a outra criança, pois cada uma tem seu desenvolvimento. E sempre fazer esse trabalho em conjunto com a escolinha ou com quem cuida da criança para não confundir a cabecinha deles.

 E com vocês como foi o desfralde de seus pimpolhos?
 Abaixo algumas de nossas mamis nos relataram como foi a experiência delas nesse período:

A Ale escreveu:  Hora-do-desfralde.
A Than escreveu dois textos: Dicas sobre birras, agressividades e desfralde e Chegou a hora de largar a fralda
A Aline Martins escreveu: Vamos colar figurinhas?
E a Anne escreveu: Será um novo manual de instruções? - parte1


 Espero que tenham gostado. Bjs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...