sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Receitas - molho de tomate caseiro - by Aline Martins

Olá pessoal!

Há muito que eu quero compartilhar essa receita com vocês, mas toda vez que eu faço o bendito molho, esqueço de tirar fotos. E receita sem foto não tem graça né? Aí eu me lembrei outro dia e aí está meu post gostoso do mês hehehe

Eu adoro cozinhar. Acho que já falei isso aqui outras vezes. Mas nem sempre tenho tempo pra isso, aliás, eu geralmente não tenho tempo mesmo pra cozinhar. Então eu gosto de fazer coisas que me permitem pegar meu tempo livre e fazer tudo de uma vez e congelar, quando quiser comer uma coisa gostosa, tá lá, prontinho sabe?

Não sou adepta de comida pronta. Elas têm muito sódio, muito açúcar, muito tudo e na minha família tem vários casos de pressão alta e infarto. Não sou doida de querer isso pra mim né? Então eu vou, com o maior prazer, pra cozinha, fazer essas coisas gostosas que a gente compra pronto, e já deixo tudo em porções congeladas, quando quiser usar, tá ali, disponível. O molho de tomate é uma delas.

Além disso, o tomate é rico em licopeno, uma substância já comprovada cientificamente que ajuda a prevenir o câncer, especialmente de próstata e de mama. Legal né? Só que ele só libera essa substância quando cozido, ou seja, em forma de molho, então não adianta se entupir de tomate cru na salada gente. E molho pronto, eu não sei dizer se é rico em licopeno, porque eles misturam muita coisa no molho além do tomate. Tomate mesmo é mínimo, tanto que a Hellmans até faz propaganda agora pra dizer que o dela sim, tem tomate, 10 tomates! Aff, prefiro fazer viu? Mas chega de papo e vamos pra receitinha!!!!

Ingredientes:
- 8 tomates bem vermelhos e lavados
- 3 cebolas médias descascadas
- 5 dentes de alho

(Sim, é só isso mesmo, rs).





Modo de preparo:
Corte os tomates no meio e depois em cruz, como na foto. As cebolas também.

Depois coloque tudo numa panela grande e leve ao fogo. Tampe a panela e vá mexendo de vez em quando. Não precisa acrescentar nem água, nem óleo, azeite, nada. Só o tomate, a cebola e o alho mesmo. O tomate vai soltando água a medida que vai esquentando no fogo.

Quando o tomate tiver amolecido bem, desligue o fogo e bata o molho no liquidificador, ou no mixer. Ele vai ficar assim, igual o da minha foto. Aí é só separar as porções em potinhos e congelar.

Dicas:
- se você não gosta da pele, precisa despelar o tomate antes. Minha mãe me ensinou a despelar espetando uma faca no tomate e levando ele à chama do fogão, a pele sai inteirinha. Mas tem uma dica de como tirar a pele do tomate de outro jeito aqui.
- Se você não gosta de molho com pedacinhos de tomate, precisa peneirar depois de bater no liquidificador. Eu adoro os pedacinhos, então eu deixo assim.
- Na hora de usar o molho, descongele antes, ok? E aí nessa hora que você vai deixar ele do seu gosto. Eu frito mais um dente de alho e um pouco de cebola no azeite, aí jogo o molho na panela e acerto o sal. Fica perfeito.
- O molho caseiro não fica vermelho como o comprado porque ele não tem corante.
- Você pode variar o sabor do seu molho acrescentando ervas aromáticas nele: eu já fiz com alho poró, com orégano fresco e com manjericão, ambos ficam maravilhosos.
- Com essa quantidade de tomate, o molho rende 5 porções de 200g (igual ao sachê de molho pronto).

Espero que tenham gostado.
Beijos,
Aline

2 comentários:

  1. Amei....só uma duvida...congela sem tempero né?? Sem sal??

    ResponderExcluir
  2. Isso mesmo Than, congela do jeito que saiu da panela, sem temperos. Você só vai temperar mesmo quando for usar o molho. Aí vale a criatividade e o gosto rs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...