quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Sinais de Fertilidade - Saiba mais sobre Temperatura basal - by Camila

Há algum tempo fiz um post básico sobre a Temperatura Basal e outro sobre outros sinais de fertilidade.
Mas senti falta de complementar o texto (também já publicado no meu blog pessoal) com maiores informações para aquelas que desejam utilizar este método.


O que é ovulação?
É a liberação de um óvulo maduro dos folículos ovarianos. A cada ciclo menstrual, alguns folículos começam a amadurecer e a se desenvolver sobre a influência de hormônios pituitários. Geralmente um só folículo se desenvolve completamente. Enquanto outros retrocedem, este folículo dominante produz um óvulo que será liberado e que poderá ser fertilizado. O folículo crescente secreta quantidades crescentes de estrogênio. Seguindo o pico de produção de estrogênio, há o pico de hormônio luteinizante (LH) (que formam corpos lúteos). Com esse pico há a liberação do óvulo do folículo. Isso é a ovulação.

Após a ovulação 
Uma vez expulso, o óvulo cai nas tubas de falópio e começa a viajar até o útero. Nas tubas é onde ocorrerá a fertilização. O folículo que liberou o óvulo torna-se o corpo lúteo após a ovulação e começa a secretar o hormônio de indução de aquecimento, a progesterona. A expectativa de vida do óvulo é de apenas 12-24 horas, talvez até menos. A fertilização deve ocorrer neste curto espaço de tempo. Após esse tempo, o óvulo começa a se degenerar e não será mais capaz de ser fertilizado. Isso parece ser uma pequena janela para concepção. Mas o esperma depositado antes da ovulação sobrevive no aparelho reprodutivo feminino por alguns dias. Assim, alguns dias antes da ovulação são considerados dias férteis.

Ovulação e Ciclos 
As fases do ciclo menstrual  - Fertility Friend
A ovulação é o evento que define as fases do ciclo menstrual. A fase antes da ovulação, quando os folículos estão se desenvolvendo, é conhecida como "fase folicular". A fase após a ovulação é conhecida como "fase lútea". O tamanho da fase folicular pode variar, mas o tamanho da fase lútea geralmente é constante para a mesma mulher, durante de 10 a 16 dias. Quando os ciclos são irregulares, é devido a ovulação ter ocorrido mais cedo ou mais tarde que o comum. Saber quando ocorre a ovulação permite que você veja se a relação que teve foi em tempo hábil para uma possível concepção e permite que determine seu período de fase lútea. Conhecer tal período lhe ajuda a determinar quando fazer o teste de gravidez. O gráfico acima ilustra as fases do ciclos com a ovulação indicada pela linha vermelha vertical.

Quando a ovulação acontece? 
A ovulação acontece, em média, duas semanas antes de sua próxima menstruação, que pode ser entre 10 a 16 dias antes, dependendo do tamanho de sua fase lútea. Durante um ciclo "médio" de 28 dias, espera-se que a ovulação ocorra entre os dias 13 e 15 do ciclo. Baseado neste guia, muitas mulheres podem esperar ovular no dia 14. Muitas mulheres, no entanto, não têm ciclos regulares e ainda existe aquelas que vêem seu ciclo variar algumas vezes. Um ciclo menstrual típico pode ter entre 21 e 35 duas de acordo com a Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva (American Society for Reproductive Medicine). Algumas mulheres podem ter ciclos menores ou maiores que este. Ovulação, então, poderá acontecer muito antes ou depois do que os guias geralmente sugerem. Por exemplo, a ovulação pode ocorrer no 23º dia do ciclo que dura 35 dias para uma mulher com fase lútea de 12 dias, enquanto que pode ocorrer no10º dia do ciclo que dure 24 dias com uma fase lútea de 14 dias. A variação entre mulheres e entre ciclos significa que não há uma fórmula matemática simples para calcular sua ovulação. Entretanto, é possível aprender a identificar sua própria data de ovulação e sinais férteis quando você se auto-examina.

Detectando a ovulação 
Detectando a ovulação - Fertility Friend
Sua data de ovulação e seu pico de fertilidade podem ser detectados pelo seu gráfico de sinais férteis. Isso acontece, pois seu corpo produz sinais que podem lhe alertar quando a ovulação está se aproximando e quando ela já se foi. Os sinais que indicam se os níveis de estrogênio estão altos e se a ovulação está se aproximando (e a fertilidade está alta) incluem observar o aumento da elasticidade do muco e observar um colo do útero (alto, mole e aberto). Aparelhos comerciais de predição de ovulação e monitores de fertilidade pode lhe indicar quando ela se aproxima medindo a presença de estrogênio ou de hormônio luteinizante na urina ou saliva. Fazer seu gráfico de TB permite que você aponte o dia da ovulação, e lhe mostra se a ovulação passou, pois a progesterona eleva a TB. O gráfico ao lado ilustra como observar seus sinais de fertilidade, que mostram quando você está fértil, quando ovulou, e quando esperar para fazer um teste de gravidez.

Quanto tempo o esperma sobrevive no muco cervical?
O maior tempo que o esperma pode sobrevive no muco fértil (clara de ovo) são cinco dias. Todas as gravidezes podem ser atribuídas a relações que ocorreram dentro de 5 dias antes e no dia da ovulação. O esperma, entretanto, geralmente não vive todo esse tempo, mesmo neste tipo de muco. A expectativa de vida é de 2 a 3 dias, mesmo no muco mais fértil e menos no muco menos fértil. Para maximizar as chances de concepção, namore até que a ovulação seja confirmada pela subida clara e a manutenção das altas temperaturas, pois quanto mais próximo ao dia da ovulação, mais chances de engravidar.

Quais são os sinais mais importantes de fertilidade? 
Seus sinais podem lhe dizer o que está acontecendo com seu corpo. Cada um se relaciona a um hormônio diferente e eles que comandam seu ciclo. Sinais que mostram que o estrogênio esta aumentando é importante para ajudar a planejar o dia do "namoro" durante seu período fértil, pois como você estará mais fértil nos dias que precedem a ovulação, quando o folículo está madurando. O folículo produz estrogênio enquanto amadurece.
Sinais que mostram que seu estrogênio esta aumentando:
- Muco cervical (aquoso, escorregadio, clara de ovo)
- Posição do colo do útero (alto, mole, aberto)
- Samambaias em microscópios de saliva (como o Ovatel)
- Uma alta leitura no seu monitor de fertilidade
Este último indica que seu hormônio luteinizante está aumentando e que você provavelmente ovulará nas próximas 12 ou 48 horas. Estes aparelhos te ajudarão a saber quando "namorar", mas nenhum indicará quando ovulou ou se ovulou. Eles são importantes para lhe ajudar a namorar na hora certa e para correlacionar com sua temperatura para ter uma análise melhor. Sua TB se relaciona com a progesterona, que é liberada pelo corpo lúteo após a ovulação, causando o aumento da temperatura, e está presente apenas após a ovulação. Quando você observar seu patamar de TB aumentar, você sabe que ovulou no dia anterior. A TB não é útil para lhe ajudar a escolher o melhor dia para namorar, uma vez que é tarde demais quando você vê seu aumento, mas é boa para lhe apontar o dia da ovulação. Outros sinais podem ocorrer com ou sem a ovulação, mas apenas seu gráfico vai mostrar um padrão bifásico quando ovular.

Quais são os benefícios de se medir a TB? Fazer o gráfico me ajudar a engravidar? 
Fazer o gráfico pode lhe ajudar a identificar seu período mais fértil, apontar quando e se ovulou e pode lhe ajudar a identificar se você tem problemas de fertilidade que requerer atenção junto ao seu médico.

Que tipo de termômetro devo usar? 
É importante que use um termômetro basal (eu sinceramente nunca achei!!) para ter um gráfico mais preciso. Se seu gráfico estiver obscuro ou incomum, você não quer saber se é culpa ou não do termômetro. Um termômetro de febre, até mesmo um digital, geralmente não lhe dará a sensibilidade e precisão que você necessita para fazer seu gráfico. (Eu sinceramente uso um de febre mesmo, de mercúrio bem baratinho, e ele tem funcionado...). O termômetro deve conter as palavras BBT, Basal ou Fertilidade em sua embalagem. Você pode encontrá-lo nas melhores farmácias e drogarias.

Como tomar minha TB?
Algumas dicas para seguir para ter a melhor interpretação de sua TB:
1. Tome sua TB assim que acordar, antes mesmo de fazer qualquer coisa.
2. Meça sua TB no mesmo horário todas as manhãs, ou o mais perto possível do mesmo horário. Anote a hora.
3. Meça a TB após algumas horas de sono.
4. Tome sua TB usando um termômetro de fertilidade.
5. Anote seus dados em seu gráfico o quanto antes para não esquecer.

Eu meço minha TB quando acordo na primeira vez a noite e então novamente no meu horário de levantar normalmente. Qual TB devo usar?
Geralmente, você deve usar a TB medida no horário habitual. Se você se levantar a noite, por qualquer razão, e você sabe que vai voltar a dormir e acordar em seu horário habitual, resista a tentação de medir sua TB. Medir a TB mais de uma vez pode trazer confusão e fará você perder seu sono.
Se você não está certa que voltará a dormir, pode medir a TB, mas somente a use em seu gráfico se não conseguir dormir. Sempre anote qualquer circunstância especial em seu gráfico para que se lembre das condições que podem afetar seu gráfico.
Se você se conheceu através de vários ciclos, você fará uma leitura mais certa depois do seu maior tempo em repouso, melhor que pela tomada de temperatura na mesma hora (quando não é possível fazê-lo, como num final de semana), então você pode usar a TB que fez depois de seu maior período dormindo. Com o tempo (se necessário) você aprenderá o modo que sua TB reage a mudanças em andar e levantar.

Devo descartar uma TB tomada em circunstâncias incomuns?
Na maioria dos casos, você não deve descartar temperaturas, mesmo que ela não foi tomada na melhor das circunstâncias. É melhor que você inclua a TB e faça uma anotação neste dia. Se uma TB não é precisa e para ter uma análise razoável, então você poderá descartá-la, mas sempre peça suporte para fazê-lo. Nunca descarte uma TB apenas para arrumar seu gráfico do modo que você acha que deve.

Sempre há uma descida no dia da ovulação?
Não. Muitas pessoas podem ver uma descida, mas muitas não. A descida não confirma ovulação. O mais importante é verificar a subida que é a resposta do corpo à progesterona, que só é liberada após a ovulação. Se você for sortuda suficiente para ver uma descida lhe avisando da ovulação, tome vantagem e namore nesse dia.

Posso ficar grávida se namorar no dia da subida da TB?
Quando a TB subir, geralmente é tarde para a concepção naquele ciclo. A ovulação ocorre no dia anterior da subida. Os melhores dias para namorar são os dias que antecedem tal subida. Uma simples subida não indica que ovulou. Você precisa ver uma subida estável nos demais dias para confirmar a ovulação (eu indico pelo menos três dias). Não pare de namorar até que confirme que a temperatura se manteve elevada.

Posso ver em meu gráfico se eu estou grávida? Há sinais de implantação ou de gravidez nele?
Infelizmente, não há certeza apenas olhando um gráfico antes de fazer um teste de gravidez. Sinais de implantação ou possível gravidez, entretanto, (manchado, um segundo patamar de TB elevado, ou uma queda de TB entre 7 e 10 dias após a ovulação) pode acontecer com ou sem concepção e implantação.
De fato, todos os padrões frequentemente ocorrem em gráficos não-grávidos. Esses sinais não são confiáveis para detecção de gravidez, mas podem dar algumas pistas.
Sinais de implantação e gravidez são considerados sinais "em retrospecto". Eles são algo que você pode especular uma vez que sabe que está grávida, mas você nunca poderá ter certeza que estão relacionados com implantação ou gravidez.
Os melhores sinais vistos nos gráficos que você deve ver quando acha que está grávida são: clara subida do patamar da TB, relação na hora certa (dias antes da ovulação) e temperaturas que se mantêm altas após sua fase lútea.

Quando a implantação ocorre? Posso ver os sinais em meu gráfico?
Se a concepção ocorreu, a implantação (quando o óvulo fertilizado se prende a parede uterina) geralmente ocorre entre 7 e 10 dias após a ovulação, mas pode ocorrer poucos dias antes ou depois.
Existem alguns sinais de implantação ou concepção com sucesso que podem ser vistos em seu gráfico, mas todos podem ocorrer com ou sem gravidez. Você pode estar grávida e não ver nenhum desses sinais. Não há meio de saber se estão relacionados a implantação enquanto eles acontecem, mesmo que ocorrem em sua maioria em gráficos grávidos. Alguns possíveis sinais são:
- Manchado que ocorre por um breve período entre 7 e 10 dias após a ovulação
- Um segundo patamar de temperaturas altas entre 7 e 10 dias após a ovulação
- Uma queda de TB que dura um dia entre 7 e 10 dias após a ovulação
Enquanto esses sinais podem fornecer pistas se você tem maiores chances de gravidez, eles não são confiáveis para se ter certeza. Você pode ter esses sinais estando ou não grávida, assim como nenhum pode aparecer. Sempre se lembre disso quando estiver examinando seu gráfico enquanto espera o dia certo para fazer um teste de gravidez.
Enquanto isso, você pode ser otimista, mas cautelosa, se vir estes sinais (se teve relações no dia certo), mas não há meio de saber da gravidez antes de fazer um teste confiável. Da mesma forma, se você não vir estes ninais (e teve relações nos dias férteis) não desanime até que o ciclo acabe! Muitas mulheres não vêem sinais de implantação!

Manchados na época assumida da implantação significa que ela ocorreu e que estou grávida?
Não. Manchados pode ocorrer sem significar que está grávida. Este manchado pode ser um sinal promissor quando você espera que esteja grávida, no entanto, manchados inexplicáveis ou sangramentos no meio do ciclo devem sempre ser reportados ao seu médico.

O que causa a queda da TB no dia da implantação?
O termo "queda de implantação" é usado geralmente para se referir a queda na fase lútea que ocorre por volta da época da implantação (7-10 dias após a ovulação). Enquanto este padrão não resulta em gravidez, este termo é comumente usado na época da queda, pois este padrão aparece mais em gráficos grávidos que não grávidos. Existem dois fatores que podem ajudar a explicar porque esse fenômeno ocorre mais em gráficos grávidos:
1. O corpo lúteo normalmente tem seu pico de produção de progesterona e então começa a reduzir no meio da fase lútea. Em ciclos de concepção, é resgatado quando o embrião se fixa e então continua a produzir progesterona até que a placenta possa assumir a produção desse hormônio.
2. Estrogênio, em oposição à progesterona, tem um efeito de baixar a temperatura. Um segundo pico de estrogênio no meio da fase lútea pode causar a queda da temperatura nessa época. Isso pode explicar porque isso também ocorre em gráficos não grávidos. Níveis de estrogênio no meio da fase lútea, entretanto, podem ser encontrados mais em ciclos de concepção do que em os de não concepção, e isto pode contribuir também a maior freqüência desse padrão em gráficos grávidos.
Quando vir esta queda, no entanto, não necessariamente significa que engravidou. Da mesma forma que você pode não ver este padrão se engravidar.

Como muco devo ver durante o início da gravidez? Posso dizer que estou grávida pelo muco?
Observar o muco após a ovulação não fornece quaisquer pistas sobre estar ou não grávida. Mesmo que esteja grávida ou não, o muco tende a ficar com características de "não fértil" nas duas semanas após a ovulação.

Como o colo do útero deve ser durante o início da gravidez? Posso dizer que estou grávida pela sua posição?
Observar o colo após a ovulação não fornece quaisquer pistas sobre estar ou não grávida. Mesmo que esteja grávida ou não, o colo tende a ficar com características de "não fértil" nas duas semanas após a ovulação.

Padrão trifásico do gráfico: análise estatística
Gráfico Trifásico - Fertility Friend
Quando estiver fazendo seu gráfico com fins de gravidez, a interesse especial em identificar os primeiros sinais de gravidez que podem indicar ou não um aumento da probabilidade de gravidez num dado ciclo. Há especulação e algumas evidências que sugerem a relação entre um gráfico trifásico e a maior probabilidade de gravidez, mas até agora, nenhuma análise estatística em grande escala foi feita para determinar se este é o caso.
O objetivo do estudo é determinar se esse padrão ocorre ou não mais frequentemente em gráficos grávidos que os não-grávidos.
Para o propósito do estudo, um padrão trifásico é definido como um terceiro nível mantido de maiores temperaturas começando a partir do 7 dia após a subida da TB da ovulação.

Eles consideraram 149.781 gráficos recentes do FF. Para cada um foi considerado:
1. O dia da ovulação
2. Se o padrão trifásico foi detectado
3. Qual dia ocorreu o padrão trifásico
4. Resultados de gravidez
Não foram considerados gráficos que não tiveram relações no período fértil. Ou seja, todos os gráficos tinham chances de gravidez.

Eles mediram a freqüência da ocorrência do padrão trifásico nas amostras deles e tiveram como resultado:
- 12,46% apresentaram padrão trifásico
- 4,47% desses gráficos eram não-grávidos
- O padrão ocorreu 9 dias após a ovulação

Discussão:
Os resultados mostram que o padrão trifásico ocorre mais frequentemente em gráficos grávidos. Especialmente interessantes são os seguintes resultados:
1. A magnitude da diferença é significativa. Este padrão é 179% mais freqüente em gráficos grávidos.
2. O momento do ciclo que este padrão tende a ocorrer é o 9 dias após a ovulação. Esta é a janela para a implantação.
3. Ainda que o padrão ocorra mais em gráficos grávidos, a maioria não mostra este comportamento. Enquanto que é um bom sinal quando se espera uma gravidez, você não deve esperar ter este sinal para estar grávida.
4. Ver este padrão não garante ou confirma a gravidez. Enquanto a probabilidade de gravidez é aumentada significativamente quando se vê este padrão, ele também ocorre em gráficos não-grávidos e pode não confirmar a gravidez antes de um teste confiável.

O que causa esse padrão não é sabido. A possibilidade mais provável é que o aumento da progesterona na gravidez possa causar isto.

Se interessar para alguém as referencias dessa interpretação do gráfico trifásico são:
References:
Baird, D. D., C. R. Weinberg, et al. (2003). "Rescue of the corpus luteum in human pregnancy." Biol Reprod 68(2): 448-56.
Wilcox, A. J., D. D. Baird, et al. (1999). "Time of implantation of the conceptus and loss of pregnancy." N Engl J Med 340(23): 1796-9.


O texto é traduzido da parte de Ajuda do site Fertility Friend.


Para fazer seu gráfico de TB, eu indico o Fertility Friend. Mas como o site é em inglês e pode ser um obstáculo para algumas interessadas, existe o Mamanandco.

Se tiver dúvidas, entre em contato conosco, ok?


P.S.: Nossa promoção em parceria com o Cinematerna ainda está aceitando inscrição. Quer ganhar um par de ingressos para uma sessão de cinema perto de sua casa? Acesse aqui e leia as regras para participar. Boa sorte!

4 comentários:

  1. Querida amiga kkfaria: QUE BLOGUINHO MARAVILHOSO!!!
    Todas as mamães estão de parabéns, viu?

    Corri lá no EF pra ver os gráficos de novo, hahaha! NUNCA tinha observado a queda na TB no (possível) dia da implantação das gravidinhas... Que máximo!

    Como sempre estou por aqui: lendo, escrevendo, compartilhando, enquanto o meu milagre não chega... =)

    Muitos beijos para vocês!

    (se eu puder colaborar, fico feliz! meu blog: esperandomeubebezinho.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  2. uau amiga! Uma postagem super completa e bem explicativa, me fez lembrar a época q eu usava a "tabelinha" pra não engravidar! rsrsrsrs

    vou recomendar seu blog para meus contatos no face e vou montar uma postagem pra vc colocar aqui no blog.

    bjksssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  3. Luciana, prazer eu te conhecer! Vi sua fotinha! rs

    Jac, obrigada. Vc conseguiu usar tabelinha? sabe que nunca tentei kkkkk Não tenho coragem rs Obrigada por nos indicar!!!

    ResponderExcluir
  4. Sim, consegui usar tabelinha qdo namorava... depois que casei, não deu muito certo pq o ciclo da mulher tem que estar bem reguladinho, senão engravida... e eu engravidei 2 vezes kkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...