domingo, 28 de outubro de 2012

Curso Fertility Friend - Fazendo seu gráfico de fertilidade - lições 11 e 12 - by Camila

Continuando a tradução e resumo do curso online grátis do Fertility Friend. São 20 lições e vou postar duas a cada dia, usando meus dias de postagem (quarta) e os dias finais de semana que não tivermos postagem. Os próximos posts estão programados para 31 de outubro e 3, 4 e 7 de novembro de 2012.
Lições já postadas:
Lição 1 - A janela fértil / Lição 2 - O essencial
Lição 3 - As fases do ciclo / Lição 4 - Seus hormônios 

Lição 5 - Tudo sobre o muco cervical / Lição 6 - Como observar o muco cervical
Lição 7 - Tudo sobre temperatura basal / Lição 8 - Como medir a temperatura basal
Lição 9 - Posição do Colo / Lição 10 - Aparelhos e testes de fertilidade

 
Lição 11 - Sinais de Fertilidade Opcionais

Outros sinais secundários podem estar relacionados ao seu estado de fertilidade: dores intermenstruais, também chamadas de "dor da ovulação"; inchaço abdominal, dor lombar, sangramento intermenstrual, inchaço vular e sensibilidade nas mamas. Você pode notar ou não esses sinais. Não notá-los não vão lhe indicar baixa fertilidade. Você também pode ter outros sinais que você observa durante os seus ciclos, que não foram mencionados aqui. Neste caso, registre essas observações nas suas notas ou personalize seus dados de entrada no gráfico. Já que esses sinais adicionais não são consistentes, podem variar de uma mulher para a outra e mesmo de um ciclo para o outro numa mesma mulher, eles não podem ser incluídos como sinais de fertilidade padrão.

Os sinais adicionais mais frequentes são:

- Dor da ovulação: refere-se a uma dor leve que você pode sentir no abdômen ou ovário próximo ao dia de ovular. Não necessariamente ocorre na hora da ovulação, podendo acontecer dias antes, durante ou logo após. No entanto, nem todas sentem essa dorzinha. Se você a sente, pode usa-la para fazer a verificação cruzada em seu gráfico e saber se está relacionada de alguma forma com sua ovulação ou estado fértil. Isso acontece, pois muitas outras dores acontecem nessa época e podem ser interpretadas erroneamente. Apesar disso, é útil registrar, mesmo que não esteja certa se é realmente um sinal de fertilidade. A medida que você se conhece, vai se tornar mais fácil reconhecer a dor da ovulação se você já a sentiu. Mulheres que nunca notaram essa dor podem começar a nota-la quando passam a fazer seu gráfico de fertilidade.

- Aumento da libido: você pode notar que seu apetite sexual é cíclico. Por exemplo, ele pode estar maior antes ou durante a ovulação, quando você está mais fértil. Esse padrão pode ser normal para você. Se você notar que é um padrão para você, registre para fazer previsões sobre a sua fertilidade.

- Manchados de ovulação: Algumas mulheres veem uma pequena borra no dia da ovulação. É raro, mas pode-se observar que o muco cervical tem vestígios de sangue ou tem tom rosa. Se você tem isso, anote em seu gráfico. Se for forte, incomum para você, ou dura mais que um dia, ou ainda, traz algum inconveniente para você, converse com seu médico.

- Seios macios: você pode notar um padrão de sensibilidade nos seios, que podem ficar mais sensíveis próximo à ovulação, ficando assim durante a fase lútea. Novamente, tome nota para fazer previsões sobre seu estado de fertilidade. Para algumas mulheres, esse sinal é um sintoma precoce de gravidez, entretanto, você não saberá se está grávida por este sinal. A sensibilidade mamária pode estar relacionada com o aumento da progesterona, que ocorre após a ovulação, estando você grávida ou não. Pode ser um bom sinal para você, mas sozinho não diz muita coisa.

- Seus próprios sinais: toda mulher pode notar sinais específicos que podem lhe dar pistas sobre seu estado de fertilidade. Cada mulher é diferente. Mudanças de comportamento, nível de energia, humor, e outros sinais cíclicos podem lhe dar sinais sobre sua fertilidade. Registre suas observações no seu gráfico, você pode ficar surpresa ao cruzar informações que não estão diretamente relacionadas à sua fertilidade.

 
Lição 12 - Tudo sobre ovulação

Fazer seu gráfico de fertilidade, como você já sabe, vai te ajudar a identificar a ovulação e você poderá usar essa informação para fazer previsões e cálculos sobre seu ciclo. Uma vez que você sabe quando (e se) ovulou, você pode decidir entre parar de fazer relações com intuito de engravidar (e curtir o maridão sem essa intenção rs), saber se os dias dos namoros aumentaram as suas chances de gravidez e pode ter uma data provável do parto mais confiável. Você também saberá quando fazer um teste de gravidez com maior confiabilidade ou esperar seu próximo ciclo menstrual.

Então, o que é ovulação exatamente?
cmota.no.sapo.pt
Ovulação é a liberação do óvulo maduro a partir do folículo ovariano. Em cada ciclo menstrual, muitos folículos começam a amadurecer e a se desenvolvem sob influência dos hormônios pituitários. Geralmente apenas um folículo se desenvolve completamente. Enquanto os outros recuam, o dominante produz o óvulo, que será liberado e possivelmente fertilizado. O folículo crescente secreta quantidades maiores de estrogênio. Seguido do pico desse hormônio, há o pico do hormônio luteinizante (LH), que inicia a liberação do óvulo maduro do folículo.

Após a ovulação
Uma vez liberado, o óvulo é coletado por uma das tubas de falópio e começa sua jornada em direção ao útero. Nas tubas é onde ocorre a fertilização. O folículo que liberou o óvulo torna-se o corpo lúteo após a ovulação e começa a secretar o hormônio indutor de calor, a progesterona.
A vida estimada do óvulo é de apenas 12-24h, talvez menos. A fertilização deve acontecer nesta janela, pois após esse período o óvulo começa a degenerar e não é mais capaz de ser fertilizado. Parece ser uma janela bem pequena para que a ovulação ocorra, no entanto, o esperma depositado antes da ovulação pode sobreviver no organismo feminino por alguns dias (que também são considerados dias férteis).

Ovulação e fases do ciclo
A ovulação define as fases do seu ciclo. A fase anterior é chamada de fase folicular, uma vez que o folículo está se desenvolvendo. E a fase após é conhecida como fase lútea. O tamanho da fase folicular pode variar, mas o comprimento da fase lútea geralmente é constante nos ciclos de uma mesma mulher, entre 10 e 16 dias. Quando os ciclos são irregulares, é devido à ovulação ter acontecido antes ou depois do que esperado. Saber quando a ovulação aconteceu vai te ajudar a conhecer o tamanho da sua fase lútea e conhecendo-a, você vai saber quando fazer um teste de gravidez e quando esperar sua próxima menstruação.

Quando a ovulação acontece?
Em média, aproximadamente 2 semanas antes da sua próxima menstruação (dependendo do tamanho da sua fase lútea). Durante um ciclo “médio” de 28 dias, é esperado que a ovulação aconteça entre o 13º e o 15º dia. Baseado nisso, é ensinado para as mulheres que elas ovulam no 14º dia do ciclo menstrual. Muitas, no entanto, não possuem ciclos regulares.
Um ciclo típico pode variar entre 21 e 35 dias de acordo com a Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva. Algumas mulheres notaram ciclos menores ou maiores que isso. A ovulação, então, pode ocorrer mais cedo ou mais tarde que os guias sugerem. Essa variação entre mulheres e entre ciclos mostra que não há regras, nem fórmulas matemáticas para calcular a ovulação sem observar os sinais de fertilidade. Mas cada mulher deve conhecer os seus próprios sinais.

Detectando a ovulação
Sua data de ovulação e seu período de maior fertilidade podem ser detectados quando se analisa seus sinais de fertilidade. Isso acontece, pois seu corpo produz sinais que vão lhe alertar quando a ovulação se aproxima e lhe dizer quando ela ocorreu. Os sinais de fertilidade que indicam os níveis de estrogênio são o muco cervical (“clara de ovo”) e posição do colo uterino (alto, macio e aberto). Produtos comerciais vão lhe mostrar a proximidade da ovulação medindo a quantidade de estrogênio ou de LH na urina. Fazer seu gráfico de temperatura basal permite que você aponte o dia da ovulação e lhe dizer quando ela passou, uma vez que a progesterona eleva sua TB após a ovulação.


Até as próximas lições, dia 31/10/12.


Tradução livre do original: Fertility Friend - Lesson 11Fertility Friend - Lesson 12.
Para se inscrever no curso em inglês original, acesse http://www.fertilityfriend.com/ffo/signup.php.

2 comentários:

  1. Oi! Adoro suas postagens e as leio sempre!
    Olha um selinho que comprova isso: http://tagarelinho.blogspot.com.br/2012/10/eu-vivo.html

    Beijos nas quiança!

    ResponderExcluir
  2. Que lindo mega fofo Larissa!!!! OBRIGADA por nos seguir e muuuuuuito obrigada pelo selo!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...