domingo, 21 de outubro de 2012

Curso Fertility Friend - Fazendo seu gráfico de fertilidade - lições 7 e 8 - by Camila

Continuando a tradução e resumo do curso online grátis do Fertility Friend. Vale lembrar que serão 20 lições e vou postar duas a cada dia, usando meus dias de postagem (quarta) e os dias finais de semana que não tivermos postagem, assim o curso acabará logo e você poderá já usar em seu próximo ciclo. Os próximos posts estão programados para 27, 28 e 31 de outubro, mais os dias 3, 4 e 7 de novembro de 2012.
Lições já postadas:
Lição 1 - A janela fértil / Lição 2 - O essencial
Lição 3 - As fases do ciclo / Lição 4 - Seus hormônios 

Lição 5 - Tudo sobre o muco cervical / Lição 6 - Como observar o muco cervical

 
Lição 7 - Tudo sobre temperatura basal

Após a ovulação, o corpo lúteo (os restos do folículo que liberou o óvulo na ovulação) produz um hormônio indutor de aquecimento, a progesterona. A principal função reprodutiva da progesterona na fase lútea é modificar o endométrio para a implantação do óvulo fertilizado. Entretanto, ela também eleva a temperatura corpórea após a ovulação. Já que a progesterona só é secretada em altas concentrações após a ovulação, é possível identificar a ovulação no dia ANTERIOR que a TB for plotada no gráfico.
fertilityfriend.com

Para ilustrar, veja a imagem ao lado. Os pontos azuis representam a leitura diária da TB. A ovulação é identificada na linha vertical vermelha. A linha horizontal vermelha é a “coverline” para ajudar a visualizar o padrão bifásico (e não tem significado biológico). Temperaturas baixas são observadas antes da ovulação, e as mais altas, após.

Sua TB é a temperatura do seu corpo em repouso medida na manhã após pelo menos 3h se sono, antes que você se levante, com termômetro preciso. Antes da ovulação, durante a fase folicular, a TB é relativamente baixa. Após a ovulação, ela se eleva de modo que você vai perceber a diferença entre suas temperaturas antes e após a ovulação quando você plotá-las em um gráfico.
Um gráfico de fertilidade que mostra a ovulação ele terá um padrão BIFÁSICO. Isso significa que você terá TBs mais baixas antes da ovulação, uma elevação (subida termal), e TBs mais altas após a ovulação. A ovulação geralmente acontece no último dia de TB baixa.

Sua TB está vinculada à progesterona. Este é o único sinal que você pode usar por conta própria para confirmar se a ovulação aconteceu. Todos os outros sinais vão lhe mostrar que a ovulação está se aproximando.

Sua TB é o sinal que você vai ter para indicar o dia que a ovulação ocorreu. Antes da ovulação, existe apenas poucas quantidades de progesterona em seu organismo e sua TB está num patamar baixo. Após a ovulação, há aumento de progesterona secretada pelo corpo lúteo e a TB se eleva. Esse aumento de temperatura é suficiente para ser medido por um termômetro e observado num gráfico.

O aumento da TB é de aproximadamente 0,2ºC (ou 0.4ºF), mas aumentos menores também podem ser observados. A temperatura basal em si é menos importante que notar o padrão bifásico mostrando dois patamares de temperaturas. O fertilityfriend.com vai indicar quando a ovulação aconteceu automaticamente após a manutenção do aumento da TB durante 3 dias.

Se não existe gravidez, sua TB ficará elevada de 10 a 16 dias, até que o corpo lúteo pereça. Neste tempo, a menos que haja uma gravidez, o nível de progesterona decai e você ficará menstruada. Sua TB normalmente cai nesta época, contudo não é incomum ter temperaturas irregulares ou altas durante a menstruação. Enquanto medir a TB pode ajudar a sinalizar a ovulação, é importante observar este sinal juntamente com outros sinais, principalmente o muco cervical. Observar múltiplas "pistas" vai na verificação cruzada, caso você tenha sinais ambíguos e/ou afetado por outros fatores.

A temperatura pode lhe dizer quando e se ovulou, mas não vai lhe indicar se está fértil, uma vez que o período fértil ocorre dias antes da ovulação. Uma vez que há o aumento da TB, é tarde para planejar relações com intuito de gravidez. Contudo, quando os ciclos são bastantes consistentes, você pode usar seus gráficos anteriores com ovulação confirmada para prever a data de ovulação de ciclos futuros.

Fazer seu gráfico de fertilidade pode lhe dar certa paz de espírito, já que poderá checar se teve relações no tempo "certo" e parar de se perguntar se está fértil e etc. Uma vez que a ovulação é confirmada, você pode fazer uma pausa nas relações sexuais entre você e seu esposo, ou apreciar o momento sem a pressão que tentar engravidar pode lhe trazer. Você também vai reduzir o estresse no final do ciclo, pois vai saber exatamente quando poderá fazer um teste confiável para uma possível gravidez.


Lição 8 - Como medir e registrar sua temperatura basal

É importante que você use um termômetro preciso. Tanto os termômetros digital e de mercúrio são eficazes, entretanto, o Fertility Friend recomenda o uso do termômetro de temperatura basal (TB) (mas eu sinceramente nunca usei!). Anote as medições imediatamente numa caderneta em sua cabeceira. Tente estabelecer uma rotina para registrar seus dados todos os dias, assim se tornará um hábito e você não vai esquecer. Dados perdidos, especialmente de temperatura vão atrapalhar sua interpretação. Uma vez que a rotina é estabelecida, medir e registrar a Tb será tão natural quanto escovar os dentes.

Alguns guias importantes que você deve saber para medir sua TB Seus dados de TB serão mais confiáveis se você seguir o guia abaixo. Não segui-lo pode tornar seu gráfico difícil de leitura ou até mesmo impossível. Algumas vezes, ovulação pode ser detectada em circunstâncias não ideais. Entretanto, o mais próximo que você chegar do ideal, mais preciso e confiável serão a interpretação, análise e a detecção da ovulação.

- Meça sua TB antes de levantar pela manhã, uma vez que qualquer atividade pode aumentar sua TB;
- Meça sua TB sempre no mesmo horário;
- Meça sua TB após 3h consecutivas de sono;
- Mantenha o termômetro perto de sua cama, assim você não precisará se levantar para pega-lo;
- Use o mesmo termômetro durante todo o ciclo, se possível. Se ele quebrar ou a bateria estragar e você usar um novo, anote esta observação em seu gráfico;
- Mantenha um termômetro extra, caso o seu quebre;
- Se usar um termômetro de mercúrio, abaixe-o na noite anterior, ou peça para meu parceiro para abaixa-lo;
- A TB pode ser medida via oral ou vaginal, mas é importante ser consistente durante todo o ciclo já que a TB pode variar. A maioria das mulheres preferem medir via oral, entretanto, quando o padrão não está claro, tente via vaginal no próximo ciclo, algumas vezes o padrão fica mais claro;
- Registre sua TB assim que você a medir uma vez que a maioria dos termômetros só registram até a próxima medição. Se tiver outra coisa para fazer ou prefere ficar na cama, você pode registrar mais tarde, mas recomendamos que o faça o quanto antes para evitar o esquecimento. Um caderninho ao lado da cama pode te ajudar;
- Se você usa aquecedor ou cobertor elétrico, mantenha o mesmo padrão durante todo o ciclo. Tome nota de seu uso;
- Meça sua TB antes de comer, beber ou ir ao banheiro. Se as circunstâncias não permitirem, faça tão logo consiga e anote essa observação em seu gráfico;
- Se você tiver circunstâncias especiais durante um certo tempo e não conseguir seguir as orientações acima, tente seguir ao menos algumas orientações, do melhor jeito. Anote essas circunstâncias em seu gráfico. Há uma boa chance de você conseguir ser algum padrão de fertilidade;
- Registre no site a temperatura e o horário que mediu sua TB. A hora também é importante para a análise.


Para saber mais sobre temperatura basal, leia nossos artigos a respeito desse assunto clicando aqui.


Até as próximas lições, dia 27/10/12.


Tradução livre do original: Fertility Friend - Lesson 7Fertility Friend - Lesson 8.
Para se inscrever no curso em inglês original, acesse http://www.fertilityfriend.com/ffo/signup.php.

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...