terça-feira, 28 de agosto de 2012

As crianças e os bichos de estimação - by Ro Groba

revistacrescer.globo.com
Olá!!
Ter ou não ter um bichinho de estimação? Quem já não passou por essa situação!!!

Bom, sou suspeita para falar sobre isso porque amo os animais e cresci com vários. E hoje passo esses valores e carinho para minhas filhas. Mas mesmo assim fui buscar o assunto para ajudar vocês nessa decisão quando os pequenos começarem a pedir!!!
Minha experiência com os animais foi excelente; tive periquitos, papagaio, tartarugas, hamsters, coelhos, ratos brancos, cachorro e até uma cobra doada pelo Instituto Vital Brasil. E em todos os momentos fui muito feliz e essa proximidade com os animais faz bem.

Hoje aqui em casa temos quatro cachorros e dezoito periquitos (começamos com um casal em Outubro de 2010!!). E as meninas amam!! Não posso negar que é trabalhoso, existe um gasto mensal mas o prazer de ve-las brincando e cuidando deles não tem preço. Ao ver minha pequena de 2 anos abraçar nosso cão mais velho e chamá-lo de "Amigão" fico satisfeita!!!

Muitos se perguntam se devem deixar o filho ter um animal de estimação ou não; se ele saberá cuidar, se já tem idade e responsabilidade suficiente para assumir um bichinho. O pensamento é sempre o mesmo: "Ah vai sobrar para mim!! Eu vou ter que cuidar e etc..." Isso não deixa de ser verdade mas quando? Quando seu filho será responsável o suficiente? Quando for mais velho ou um adulto? Certamente não será a mesma coisa!!!
Aqui temos nossas regrinhas no cuidado com nossos "amiguinhos" e procuramos segui-las para não sobrecarregar alguém. É claro que uma vez ou outra há uma mudança na rotina mas temos conseguido sobreviver!!!

Aprendendo com os animais - A responsabilidade que a criança terá ao cuidar do seu animalzinho desenvolve a autonomia, afetividade e os mais diversos sentimentos como alegria, frustração e respeito.
kids.fashionbubbles.com

Atenção para que os cuidados de relacionamento com o animal de estimação não se tornem uma obrigação para a criança. Ela deve estar consciente de que os animais precisam de respeito e carinho, assim como qualquer relacionamento.
O convívio com o animal de estimação influenciará nas relações futuras com os amiguinhos. A criança que convive com animais de estimação é mais afetuosa, sociável, justa e não é individualista.
Além do contato com os sentimentos que precisará para lidar com outras pessoas, o animal pode trazer a experiência com a perda. A criança aprenderá sobre o ciclo da vida, desde o nascimento até a morte e o quanto isso é natural.

Mamãe - Agora o recado é para as mamães que ficam preocupadas quanto ao risco de alergias. Estudos mostram que crianças que convivem nos primeiros anos de vida com animais de estimação estão menos propensas a desenvolver alergia, pois o seu sistema imunológico já está “acostumado” com os agentes alergênicos encontrados nos animais.
Já o sistema imunológico de crianças que cresceram sem contato com animais não reconhece os agentes alergênicos provocando reações. Não esqueça de levar o animalzinho ao veterinário sempre para que receba os cuidados necessários e evitar doenças, sempre acompanhado de seu filho para que também escute as orientações do doutor criando assim mais responsabilidade.

Encontrei esse texto e trouxe para dividir com vocês:
"Você sabia que, segundo um estudo feito pela Universidade Loyola, em Chicago, pacientes internados que acariciam um cachorro necessitam de metade dos analgésicos que precisam tomar? E que ter um animal é um dos melhores remédios contra o estresse? Os benefícios de se ter um animalzinho são tantos que alguns terapeutas utilizam a terapia com animais no tratamento de crianças hospitalizadas ou com deficiências mentais. Para os médicos, lidar com um animal de estimação é um treino para a afetividade e dá sensação de bem-estar, físico e mental, além, claro, de um bom companheiro.

Os diferentes estímulos produzidos pelo pet despertam diferentes reações nas crianças. Os pediatras afirmam que a relação entre animais e crianças desenvolve, por exemplo, o companheirismo. Além disso, os animais de estimação para crianças podem treinar as habilidades motoras dos pequenos, que correm atrás deles e precisam controlar a força utilizada no carinho dado."
Fonte: http://www.blogdatricae.com.br/eventos/animais-de-estimacao-para-criancas/

Enfim os benefícios são muitos e cabe a cada um tomar a melhor decisão sobre o assunto. Mas fica a dica, da próxima vez que seu filho pedir um bichinho pense bem....!!!

Mas ao tomar essa decisão de ter um bichinho não esqueça de que ele fará parte da família e nada de abandoná-lo se não ficar satisfeito!!!!

De uma lida nas dicas deixadas abaixo:

http://brasil.babycenter.com/toddler/seguranca/bichos-estimacao/
http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI19220-15152,00.html


Até a próxima!!

3 comentários:

  1. Muito interessante a Matéria e concordo plenamente. Também tenho Animais de estimação aqui em casa. Eles trazem ânimo, alegria para vida das Crianças, Adultos e Idosos; são Companheiros e Carinhosos. • * ¨ * •. ¸ ¸• Gostei do Blog, Matérias muito interessantes. • * ¨ * •. ¸ ¸• O Blog é Muito Bom, as Matérias são ótimas, principalmente para as Mamães. Parabéns... Claudia

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...