segunda-feira, 23 de julho de 2012

E porquê? by Alê

Bom dia!! 

     Minha filha está crescendo e junto cresce a sua curiosidade. E por isso fui pesquisar sobre o assunto e sobre essa fase tão interessante. 
   A sua vontade de querer saber tudo está començando a despertar e com isso vem os infindáveis "porquês" e "o que é isso?".
É por volta dos três e quatro anos de idade a criança começa a ter a curiosidade de entender como as coisas acontecem. 
Quando a criança passa a se descobrir, a ter noção do próprio “Eu”, da importância de sua existência, das coisas que consegue fazer, que vê ou que ouve. 

 No site da revista Crescer encontrei essa matéria interessante: 

Essa fase ocorre devido a construção de sua própria identidade, quando a criança passa a descobrir e a se descobrir. E aí começam as perguntas! 

E nessa hora é importante que as pessoas que tem contato direto com a criança tenham paciência e respeito por essa curioidade, ajudando a esclarecer todas as dúvidas, elas apostam que os adultos sabem tudo. 
Jamais rejeite questões autamaticamente. Se não for a hora apropriada, diga que responde mais tarde. Pense sempre antes de responder, se não souber fale para a criança que não sabe tudo, mas vai pesquisar sobre o assunto. 
Dependendo da idade, devolva a pergunta para seu filho e incentive-o a ir atrás da resposta. 

Livros bacanas para vc e seu filho irem atrás de respostas. 

  • E porque? de Lila Prap 
  • A historia de tudo e a Historia das coisas; de Neal Layton 
  • A girafa tem torcicolo?; de Guilherme Domenichelle 
  • incrível fábrica de coco xixi e pum; de Fátima Mesquita 

E dicas práticas para aguçar a curiosidade de seu filho:

Ajude-o a olhar: a primeira estrela a surgir no céu, o caminho das formigas, a forma das nuvens, procure sempre um detalhe diferente e procure com ele novas informações em livros ou na internet. 
Dê corda aos assuntos preferidos: por exemplo: se ele gosta de bichos além de leva-lo ao zoologico procure videos e sites sobre o assunto, procure bichos diferente que ele nunca tenha visto. 
Chame a atenção dele: mostre o que acontece ao seu redor, o cheiro, como as coisas funcionam, apoveite as coisas do cotidiano. 
Seja inusitado: sempre que possível apresente um local ou uma coisa nova além do que ele está habiuado.

      A fase dos “porquês?” exige paciência e amor, nunca se deve perder de vista o fato de que eles estão construindo suas próprias maneiras de pensar. 
     Atitudes hostis podem contribuir para a inibição, causando vergonha, desinteresse e medo por querer perguntar e descobrir. E à medida que for compreendendo o mundo que a cerca e as causas das coisas deixará de questionar e redirecionará sua atenção para outras aprendizagens.

Beijos mamãe Alê!

Um comentário:

  1. Ontem eu estava conversando sobre isso em casa com o meu marido.....as vezes tem q ter muuuuuuuuuuuuuuuuuita paciencia p tantos porques e o que é isso!!!! Toda semana a Isa vai na feira com o pai....e toda semana ela pergunta o nome de todas as verduras e frutas....mesmo ja conhecendo todas....só p escutar o papai falando tudo dinovo!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...