quarta-feira, 13 de junho de 2012

Relato de nossa viagem a Disney - Hospedagem e Locomoção - by Camila


Olá!
Já contei como foi nosso voo, não é mesmo?!
Bom, hoje foi comentar sobre nossa hospedagem e sobre a locomoção.

Escolher o hotel foi “a” etapa!
Elencamos alguns que achamos interessantes e fomos avaliando se iriam nos atender e o preço, claro.
Colocamos na lista os hotéis mais baratos da Disney (os All Star e o Pop) e outros localizados na International Drive e em Lake Buena Vista, o bairro mais perto dos parques da Disney.
Montei uma planilha para poder avaliar os mesmos, e nela constavam se tinham microondas, geladeira, wi-fi, cozinha completa, café da manhã, estacionamento incluso na diária, outras comodidades (como piscina e lavanderia) e claro, preço.
Na época os hotéis da Disney não ofereciam wi-fi nem frigobar gratuitamente (o frigobar era cobrado mais de 13 dólares por noite!) e com isso foram descartados logo de cara. Hoje em dia eles já dispõem de tudo isso, e com certeza fazem a diferença, ainda mais dentro de tudo que já comentei nos posts anteriores.
Pela experiência que tivemos em 2009, descartamos hotéis que não ofereciam o básico de segurança: corredores internos, e acesso somente a quem passasse pela recepção ou a quem tivesse a chave dos quartos. Também procurei registros de bed bug em sites especializados nestes relatos, como por exemplo o bedbugregistry.

Depois de avaliar e reavaliar, usando sites de avaliação de hotel inclusive (o tripadvisor é um deles), escolhemos o Extended StayDeluxe – Lake Buena Vista, por ele ter cozinha completa e conseguimos pagar 62 dólares por dia nele. Um bom preço se considerarmos sua localização e serviços oferecidos.

Sempre que viajamos aqui criamos uma expectativa enorme em cima dos hotéis, e com isso sempre nos frustramos, afinal raramente o hotel é tudo que seu site diz ser. Dessa vez tivemos uma grata surpresa. Ok, o hotel é longe da badalação da I-Drive, mas fica pertíssimo de DownTown Disney, perto de bons restaurantes (Olive Garden, Black Angus, AppleBee's, ...), tinha uma pequena cozinha que daria conta do recado e era limpo!

Na cozinha tem geladeira grande, cooktop elétrico com 2 bocas, 2 panelas de alumínio, talheres, exaustor, microondas, lava-louças e armários (mas se for abrir lata, leve seu abridor de latas, porque os americanos são ruins de usar rs). O banheiro tinha banheira (eu nunca uso rs), cortina (eca eca), e o vaso. A pia ficava do lado de fora, de frente ao armário, que dentro tinha o cofre (2 dólares/dia) e o ferro e a tábua de passar. O hotel também oferecia jacuzzi aquecida a 40ºC e piscina aquecida que era nossa salvação em alguns dias depois dos parques (para ter acesso tem que ter o cartão do quarto).

Usamos a lavanderia: US$2 a máquina de lavar, outros 2 para secar, 1 dólar para comprar o sabão em pó e outro dólar para o amaciante. A máquina levou 25 minutos lavando e a secadora, 45 secando. É tranquilo de usar, era só trocar as notas por moedas de 25 cents e colocar nas máquinas. Colocava a roupa e deixar ela fazer o trabalho dela. Quando terminava de lavar, tirava a roupa e colocava na secadora.

O hotel também oferece wi-fi gratuito, academia e 2 churrasqueiras.

Enquanto estávamos lá eles trocaram todo o conjunto-box (sim a cama MESMO), mas isso foi feito muito cedo e atrapalhou o sono de quem queria dormir até mais tarde. E no dia de voltar eles trocaram a tela das janelas.

Não tivemos nossas coisas mexidas por ninguém, mas também não deixamos nada espalhado. As malas ficavam sempre trancadas. Também deixávamos 1 dólar para a camareira.

O estacionamento era gratuito e como ficamos no primeiro andar (eles atenderam ao meu pedido de primeiro andar e cama king size pois a Jade dormiu conosco) parávamos perto de uma porta secundária (que só abria com a chave do quarto) e descarregávamos compras e as coisas do dia-a-dia.

A limpeza completa era feita toda Terça e Sexta (aspirar inclusive). No dia-a-dia era troca de toalhas e arrumar a cama. As arrumadeiras não lavam a louça, mas cedem detergente para a máquina, então antes de sair para os parques, deixávamos a maquina lavando a louça.

Teve um dia que a vizinha resolveu fazer comida, sem abrir a janela dela (e nosso quarto tinha uma porta de comunicação – sempre trancada) e o alarme disparou. A Jade ficou desesperada... Mas logo resolveram. Então se for cozinhar, ligue o ar e abra as janelas!!

Olha e como tinha brasileiro no hotel! Kkkkkkk Muito mesmo! Parecia que estava no Rio de Janeiro!

Pedi late check-out mas eles só dariam 1 hora... Então perguntei quanto seria para sair às 16:00 e ela nos cobrou meia diária (mas tarifa balcão). Esse foi meu mole. Na próxima vez, com voo tão tarde assim e criança pequena, pago a diária cheia, mas direto na agência, para não ter que sair correndo...


Da locação do carro, alugamos via agência pela Álamo com plano MF (CDW e EP inclusos, motorista adicional, taxas). Lá peguei a cadeirinha alugada mesmo, pois não teria tempo de correr para comprar, apesar de sair mais barato comprar e deixar lá ou trazer do que alugar (a cadeirinha você é quem instala, pega atrás do balcão perto das filas dos carros, escolhe o modelo e instala no carro); e também contratamos o Road Side Assistance, caso tivesse algum problema. (O preço de agência é sempre melhor que direto pelo site...) GPS eu já tinha, então não aluguei... Mas acabou que ele pifou assim que saímos da garagem da Álamo, e a nossa sorte foi que tínhamos impresso a rota do MCO para o hotel. De lá, depois de almoçarmos fomos na Best Buy comprar outro...

Na nossa locação, creio que em todas, mas vale a pena sempre checar, incluímos o Toll Pass, que te dá “direito” a passar pelo pedágio direto, e a cobrança vem no seu cartão de crédito. Escolhi isso para não ficar parando nos pedágios e ter que ficar catando moedinha no carro... Pegamos um carro na categoria MidSize SUV – Mitsubishi Endeavor. O carro comportou bem nós três e nossas malas na volta (2 malas grandes, 3 médias, 1 de bordo, 2 mochilas e o carrinho da Jade. Ok. Veio mala no banco da frente, mas coube tudo rs. Para facilitar a localização dele compramos aqueles enfeites de antena de Minnie rosa e achar o carro era bem fácil (claro, tem que tirar foto ou anotar a placa do lugar onde parou também rs)!

Como contratamos entregar o carro com tanque vazio (e deixei só no cheiro da gasolina) rodamos quase 700 e poucos km e gastamos 40 dólares com abastecimento do carro. Ah, abastecer lá é por sua conta e não tem frentista! Você estaciona o carro perto da bomba, vai à loja de conveniência e fala “20 dollars on pump 3” e a atendente libera 20 dólares na bomba 3. Lá você escolhe a gasolina que quer abastecer (claro, sempre pego a mais barata rs) e coloca a mangueira no carro. Para saber como abre a tampa do tanque de combustível do carro, ou consulte o manual, ou peça ajuda mesmo rs

Entregar o carro é bem tranquilo, você se encaminha para o aeroporto e segue as placas “Car Return”, e depois as placas da empresa de locação que você escolheu. Estaciona o carro no lugar indicado, o carinha vem com a maquininha, confere o carro em 20 segundos e imprime o boleto que será cobrado em seu cartão de crédito. Se preferir pagar em dinheiro, vá ao balcão e pague lá, mas a fila pode ser desanimadora...

Antes de tirarmos as malas do carro, combinamos com o carregador que já fica de tocaia de pagarmos 20 dólares e ele levou todas as nossas malas no carrinho dele. E olha, é muito chão para andar, não teria como fazer diferente, ainda mais com todas nossas malas e sem alguém para nos ajudar com a Jade.


Sobre alugar carro, eu acho uma boa opção, mas também observei que tem sempre táxi na porta dos parques. De ônibus, vi o I-Trolley e no cartaz diz que você pode comprar passe para vários dias, só não sei se passa nos parques da Disney, só consultando mesmo. E também tem a opção de shuttle (traslado) que muitos hoteis oferecem, mas geralmente eles só oferecem para determinados parques... Consulte sempre antes de fechar negócio!


Falei, ops, escrevi um monte né? Bom, espero ter ajudado e se quiserem tirar dúvidas, use os comentários ou nosso fórum, que ajudarei no que puder!!


P.S. Hoje, dia de Santo Antônio, é aniversário da Mamis Aline Martins!! Parabéns!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...