quinta-feira, 10 de maio de 2012

Será um novo manual de instruções? – Parte 1 - By Anne Karol

Olá queridas leitoras,

Lendo uma revista que eu havia guardado a tempos, mais exatamente no ano de 2009, quando eu estava gravidinha, achei uma matéria que pode ser bem interessante para mamães e papais, ela fala do que mudou nas orientações dos cuidados com o bebê.


A Fralda
O que se recomendava antes: Anos atrás os pediatras recomendavam que a fralda fosse abandonada até os 2 anos, idade em que 70% das crianças conseguem controlar o esfíncter.
O que se recomenda hoje: A fralda pode ser tirada entre os 2 e os 4 anos. Quem determina o período mais propício é a própria criança. Quando está pronta para dispensar seu uso, ela costuma reclamar eu a fralda está suja ou avisar que vai fazer coco.
Comentário: Para que uma criança aprenda a usar o banheiro, ela precisa estar amadurecida física e psicologicamente. Se seu tempo não for respeitado, há o risco de ela sofrer no futuro de prisão de ventre e incontinência urinária.


A chupeta
O que se recomendava antes: Não existia recomendação formal sobre o uso da chupeta. Para a maioria dos médicos, ela era um bom calmante, em qualquer fase da infância.
O que se recomenda hoje: Até os 2 anos, durante a fase oral, a chupeta de fato acalma o bebê. Para que não prejudique a dentição, os pediatras recomendam as chupetas ortodônticas.
Comentário: A partir dos dois anos, a chupeta pode virar uma muleta para pais estressados e inseguro. Nessa situação ela estimula a chantagem: aos 2 anos, a criança já tem consciência de que basta chorar ou espernear para ganhar a chupeta.


Onde eu transcrevi o que se recomenda hoje, devemos levar em consideração que a edição que pesquisei é de outubro de 2009, mas mesmo passados 2 anos, não acho que já tenhamos alguma orientação nova sobre esses dois vilões da primeira infância.

Aqui em casa o desfralde ainda não aconteceu, nós preferimos retardar o desfralde tendo em vista uma viagem que faremos, mas assim que voltarmos a nossa rotina, a escola já se disponibilizou a nos ajudar nessa tarefa.

Sobre a chupeta, o Gabriel chupa para dormir e esse é um próximo passo após a fralda que eu não terei tanta pressa assim, já que ele só pegou de fato a chupeta aos 8 meses de idade e foi o que me ajudou a conseguir tirá-lo do peito aos 1 ano e 6 meses de vida,  como podemos notar cada mamãe sabe melhor do que qualquer especialista exatamente o que fazer com seus pequenos, na verdade não existe certo e errado, existe muito além da conduta de uma mamãe, algo chamado instinto.

Grande beijo e até breve, com mais itens do suposto manual de facilitação de como cuidar de um bebê.

Fonte: Revista Veja – Edição 2134 ano 42 nº 41
Imagens: http://nene.net.br/guia-do-bebe
http://educador.brasilescola.com

2 comentários:

  1. eu quero muito tirar chupeta da florzinha mas ta dificil agora ta mais viciada que nunca não sei como fazer, quanto a fralda sem muitos problemas ela so usa a noite pra dormir e não estou com pressa ainda de tirar não esta na hora! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Aqui desfralde tb só depois de uma viagem que faremos... e a escolinha tb vai nos ajudar!! A chupeta não dei... a Jade chupava o dedo, mas largou sozinha com 2 anos!! =)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...