quarta-feira, 7 de março de 2012

Como escolher o sapatinho certo para o seu bebê - By Aline Berg

Hoje venho falar com vocês sobre um assunto muito importante, mas que algumas vezes nós mamães não damos a devida importância. Depois de quase dois anos apanhando um pouco, aprendi que para comprar sapatos para a minha filha deveria ter seguido algumas regrinhas que teriam me poupado dinheiro e principalmente os pezinhos da minha princesa. Já comprei calçados para a Sophia, de marcas famosas e de marcas desconhecidas.
http://coxixo.com.br

Nem todos ficaram confortáveis e nem todos eram adequados para a idade dela. O mais interessante é que a qualidade ou a adequação do calçado não é necessariamente proporcional ao preço do produto, pois já encontrei calçados baratos, mas de qualidade e confortáveis e também encontrei calçados caros, de boa qualidade porém, desconfortáveis. E infelizmente, alguns caros, mas que deram defeito muito cedo. Principalmente as mães de meninas compram muitos calçados visando a beleza e a estética e podem cair no erro de esquecer o conforto e a segurança, que são as coisas mais importantes nesta hora. Existem calçados lindos no mercado! E a gente fica tentada a comprar todos ... hehe.

Mas infelizmente, nem todos são adequados para os nossos filhotes. Mas, o que é preciso verificar para saber se o calçado é seguro e confortável? Primeiro é a faixa etária do bebê: se ele ainda engatinha, se está começando a andar ou se já está caminhando firmemente. São três fases completamente diferentes e que pedem calçados adequados. Quando o bebê ainda não anda, os sapatos devem ser bem molinhos, com a sola mais fina possível e não precisam ficar muito justos, apenas o suficiente para não cair dos pezinhos, pois o bebê ainda não precisa pisar no chão. Quando o bebê está começando a andar (que eu considero a fase mais perigosa) o calçado precisa ser escolhido a dedo. Acho que nessa fase, a gente precisa deixar a estética de lado e pensar muito mais na segurança e no conforto. Vi muitos calçados lindos, de marcas famosas e caras que não eram nada adequados para quem está aprendendo a andar.

Algumas dicas para comprar calçados nesta etapa:

- A Sola não deve ser muito fina para evitar que machuque os pés caso pise em alguma pedrinha ou ressalto;
- Também não deve ser muito grossa nem dura, para permitir que o bebê faça o movimento correto dos pés ao andar;
- O calçado não pode ficar muito folgado nos pés, nem ficar sobrando na frente para evitar tropeços;
- O solado deve ser anti-derrapante (por motivos óbvios);
- Dê preferência compre o número certo para o pezinho e leve o bebê para experimentar;

Outra dica: nesta fase não compre muitos pares de uma vez só, pois a perda ocorre muito rapidamente e o bebê às vezes chega a mudar de número a cada três meses.

http://caras.uol.com.br/

Finalmente, quando o bebê já anda com firmeza, é quando podemos relaxar um pouquinho, pois o bebê já tem mais equilíbrio e demora mais para perder os calçados pois o ritmo de crescimento depois de 1 ano já é um pouco mais lento.

Neste período, perto dos dois anos o “bebê” que já está crescidinho quer correr. Alguns já vão para a creche ou para a escolinha.

Algumas dicas para comprar calçados nesta etapa:
- na hora de comprar o calçado lembre-se que ele será usado o dia inteiro e por isso não pode cansar os pés;
- seu filho vai quere correr, então evite as sandalinhas abertas para proteger os dedinhos, e caso opte por elas (por causa do calor, por exemplo) , escolha as que tenham alguma proteção e verifique se os dedinhos estão para fora da sandália, isso não deve acontecer;
- para os calçados fechados, não compre aqueles de couro muito duro. Prefira os mais macios, com sola de borracha e verifique se tem alguma costura por dentro que possa machucar o pézinho ao longo do dia;
- Verifique a frente do calçado, para se certificar de que os dedinhos não fiquem apertados;

Mamãe, eu acho que se você seguir essas dicas o seu filhote vai agradecer!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...