sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Terrible two? - by Aline

Olá caros leitores.

FH fez 2 anos e vou dizer uma coisa pra vocês, estou curtindo demais essa fase. Não sei se vocês já ouviram falar no terrible two, mas na verdade hoje vou dizer que não concordo com essa denominação.

Explico: o “terrible two” é a denominação dada pela sociedade americana para a fase dos 2 aos 3 anos. Eles se baseiam no fato de que nessa idade a criança é mais difícil de lidar, pois entra no período do ciúme, da possessividade, da agressividade (que pode ser mais ou menos intensa em cada criança) e especialmente da negação. Tudo é não para eles: não pra tomar banho, não pra trocar a fralda, não pra dormir, enfim, não, não, não! O tempo todo, não!

É verdade, eu e meu marido estamos ouvindo muitos “nãos” ultimamente (rs). Mas sinceramente, acho que as partes boas compensam todos esses “nãos”.

É nessa idade que o desenvolvimento da fala dá um salto, e você começa a ouvir não apenas palavras soltas, mas frases inteiras, ainda que com palavras desencontradas ou erradas. E é exatamente isso que deixa a conversa animada e muito engraçada.

É nessa idade também que eles começam a te imitar em tudo, os gestos, os atos e especialmente as palavras (cuidado com o que você diz por aí hein?). Só pra ter uma idéia da situação: eu, quando estou dirigindo, se perco a paciência no trânsito com algum barbeiro lento na minha frente, tenho mania de falar “vai filhooo”. FH aprendeu e toda vez que eu paro o carro num semáforo ele fala: “mamãe, filhooo!” hehehe

Agora aos 2 anos FH está tão esperto que é praticamente impossível não ficar encantada quase que o tempo todo. Ele já sabe que certas coisas que ele faz a gente ri e acha engraçado, então ele faz palhaçadas pra ver a gente rindo. De vez em quando ele começa:
FH: - Mãe?
Eu: -Quê?
FH: - Mãe?
Eu: -Quê?
FH: - Mãe?
Eu: -Quê?
FH: - Mãe?
Eu: -Quê?
FH: - Mãe?
Eu: -Quê? (continua no infinito kkkkkk)

E quando ele resolve brincar de esconder?
FH: - Mamãe, escondeu. Pucula mãe!
Eu: - Cadê ele? Cadê?
FH: - Cadê? Achei!

Ele sabe também que fazer carinho agrada muito, então dá-lhe beijos, abraços e muitos “te amo”. Fofo demais!

Sinceramente, pode até existir “terrible two” em alguns momentos, mas as coisas boas superam de longe ate mesmo as birras mais ferozes. Eu prefiro dizer que os dois anos correspondem ao “wonderful two” hehehe

E vocês, estão curtindo essa fase?
Beijos,
Aline

3 comentários:

  1. Amiga esse "mamae??? - que" infinito tbem rola aqui....as vezes eu ate perco a paciencia sabe hehehehheh outro dia eu morri de rir dela, perguntei "filha o que vc tá fazendo?" e ela respondeu: "pirraça mamãe, pirraça..." kkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Só ouvi falar do terrible two quando comecei a blogar, isso faz uns 7 meses, e eu já tinha passado por dois , com 2 anos e nunca tinha visto nada, eis que agora tenho uma moça de 1 ano e 8 meses que está na fase no "não", não chega a ser terrible já que ela é uma fofura, mais cheguei a postar sobre esses "nãos" que ando escutando, um grande abraço, bjks

    ResponderExcluir
  3. Ah Aline, aqui já notei o terrible two sim, a Rafa anda fazendo umas birras terríveis, tá difícil de domar a ferinha viu! Concordo que é uma fase maravilhosa de descobertas, desenvolvimento, fico encantada com a rapidez que ela aprende as coisas... mas é preciso ter pulso firme pra não deixar ela tomar conta da situação!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...