terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Sua criação influencia na maneira de educar seus filhos? - by Roberta Groba

Olá leitores!
Hoje falarei sobre a criação de nossos filhos e sobre nossa própria criação.
Quem nunca ouviu os mais velhos dizerem que as crianças de hoje em dia não respeitam mais nada nem os mais velhos? Pois é, hoje vou expor minha opinião sobre esse assunto e o quanto isso tem influenciado a nossa vida por aqui.
Sempre ouvimos estórias de antigamente, de nossos pais ou avôs, que nos contam sobre como era a educação no passado e etc... Hoje vivencio algumas situações com minhas filhas e entendo o que eles queriam dizer mas muitas coisas estão ultrapassadas na educação de hoje.
Se prestarmos atenção a tudo isso entramos num grande conflito, eu acredito que o mais importante é a criança confiar em seus pais e respeitá-los e não ter medo.
Minha educação foi bastante flexível mas nem por isso deixo ou deixei de respeitar meus pais. Não me lembro de ter apanhado ou levado palmadas. Sempre tivemos uma relação aberta e de muita confiança. Lá em casa  não chámavamos os mais velhos de senhor ou senhora e sempre chamamos de você mas isso nunca nos impediu de respeitá-los, acho até que nos tornava mais próximos deles.
Já meu marido teve uma educação extremamente rígida, apanhou várias vezes, fez tarefas que não são para crianças - tipo lavar banheiro mas acredito que muitas crianças já passaram e ainda passam por isso.
Não desmereço a educação que ele recebeu mas também não concordo com tudo.
E hoje temos alguns problemas para educar nossas filhas. Ele é extremamente rígido e acabamos em desacordo!! Concordamos em nunca bater porque achamos que essa não é a melhor forma de educar mas muitas vezes temos que conversar (escondido das crianças) para expormos nossas idéias porque acho que em alguns momentos ele esquece que nossas filhas são pequenas (8 anos e 1 ano e 10 meses) e acima de tudo são crianças.
Enfim acho que trazemos conosco o que aprendemos de nossos pais e familiares, e acaba sendo isso que passamos para nossos filhos e será assim com os filhos deles.

http://www.zun.com.br/como-educar-os-filhos/

Pesquisei sobre esse assunto e trouxe algumas partes para partilhar com vocês.

"Uma boa comunicação familiar permite que os pais conheçam melhor seus filhos dando-lhes condições para ajudá-los. Devem fazê-los refletir numa conversa aberta, perguntando e explicando-lhes as causas e problemas, fazendo com que eles mesmos procurem as próprias soluções e tomem decisões para que cresçam e ganhem responsabilidade.

É importante no processo educativo que os pais aceitem seus filhos e estes se sintam aceitos pelos seus pais. Isto supõe que: sintam-se queridos; tenham confiança; não tenham medo; facilidade para abrir-se; e mais união familiar.

Uma atitude negativa é chamar nossos filhos de maus, mentirosos, vagabundos, etc., deste modo estamos ajudando-lhes a reforçarem em suas condutas algo negativo. Devemos aproveitar as coisas positivas em nossos filhos, também comentar com outras pessoas, quando eles estiverem ouvindo, o orgulho que temos por eles quando fazem algo bem feito, etc...

Uma das missões mais importantes dos pais é a transmissão dos valores éticos e morais a seus filhos; primeiro pelo exemplo, e a seguir pela explicação clara e concreta do que está bem e mal, para que deste modo possamos ajudar-lhes a formar uma reta consciência. Terão assim mais possibilidades de saber o que é bom e atuar de modo correspondente."

Leia também:

http://www.centronocaminhodaluz.com.br/

http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/artigos/fortalecendo-os-pais-desafios-de-educar-hoje.php

http://www.abec.ch/Portugues/subsidios-educadores/artigos/categorias/artigos-familia/CRIAROUEDUCAROSFILHOS%20_2_.pdf


Fonte:  www.portaldafamilia.org/artigos/artigo169c.shtml

3 comentários:

  1. Acho que está questão da educação é o maior trabalho que o pai tem com o filho, transmitir valores vai alem de limpar e dar de comer, transformar o seu filho em alguem seguro e de bom carater é uma tarefa diaria que nescessita de muito cuidados, eu procuro fazer melhor, vejo o que funciona com um e com o outro, tenho 3 ai o trabalho triplica, pois são 3 personalidades que se desenvolvem e aprendem diferente, mais tenho fé. bjks e boa semana.

    ResponderExcluir
  2. Roberta, eu acho que nossa criação influencia sim na maneira como edicamos os filhos. Seja na forma de negação ou de forma afirmativa, mas somos todos meio que "como nossos pais", essa que é a verdade. Por exemplo, eu dou muito valor mesmo aos estudos, meu pai me ensinou isso, e ele sempre foi muito duro com a gente nesse sentido, então eu sei que vou ser dura nesse sentido também com o FH.
    Mas acho que tendo consciência do que foi positivo ou negativo ajuda a gente a ter bom senso também. Afinal, não precisamos repetir erros geração a geração né?
    Ótimo post.
    Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu adorei, aqui vivo o mesmo problema, marido com educação muito rigida.....sei que ainda vamos bater muito de frente por conta disso, mas espero ter a sabedoria necessaria p administrar bem essa situação!!
    Bjos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...