sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

O que os filhos nos ensinam? - by Laura Barbosa (Mamis Convidada)

Hoje temos mais uma leitora que nos enviou um post para publicarmos em nosso cantinho. O nome dela é Laura, mamãe da Clara, que escreveu sobre o aprendizado da maternidade.
E você, também quer escrever no nosso cantinho? Escreva para meupost@blogmamis.com. Ficaremos muito felizes de receber suas palavras e publicá-las aqui. Beijos e tenham um bom final de semana. ^kk


Quando nos tornamos mães iniciamos uma verdadeira escola. Uma escola sem professor, somos inundadas de turbilhões de informações desencontradas e distintas, somos invadidas de um amor ímpar e somos tomadas por uma responsabilidade e uma culpa que não nos abandona nunca.

E a idéia de abordar o tema de hoje não é o aprendizado lúdico, puro, aquela coisa do amor, da devoção. Eu quero falar das coisas práticas, do dia a dia...

A primeira coisa que aprendemos de forma avassaladora é que mãe não tem vontade própria. Pois é amiga .... quando o seu bebê nasce você descobre que nunca mais você ficará jogada no sofá de pijama. Você descobre que descansar no final de semana é um luxo para poucos, finais de semana não foram feitos para descansar e sim para cansar.

Você também descobre que sua geladeira nunca mais ficará cheia só de cerveja e água, e você também descobre, enfim, qual a utilidade daquela fruteira linda que você ganhou no casamento e que até então era apenas um adorno...

E as comidas? Quantas coisas eu descobri em relação a elas. Eu sempre tive uma alimentação saudável, mas confesso que nunca havia comprado um frango inteiro e muito menos cozinhado fígado (eca eca até hoje acho bem nojento!!!) e que, sinceramente, não sabia que pescada branco era peixe sem espinho. Confesso ainda sem vergonha alguma que desconhecia o fato de que suco de laranja não é simplesmente um suco. Suco de laranja deveria se chamado suco de laranja LIMA. Por que? Porque vai tentar dar um suco de laranja pêra pra um bebê pra você ver o tamanho da assadura que vai surgir e tamanho da culpa que você vai nutrir (isso aconteceu comigo quando a Clara tinha uns 10 meses. Vai vendo...).

Ahh e tem mais, eu também não sabia que teria que vender um rim para comprar leite e fraldas...

E que aquela linda mesa de centro da minha sala que eu paguei em 12 x no cartão no crédito seria completamente inutilizada quando minha filha começasse a andar e que todos aqueles puxadores cromados do gabinete do banheiro, os quais eu demorei horas para escolher na loja de móveis planejados seria adornado com uma bela trava de segurança

Eu também descobri que mães estão terminantemente proibidas de usar: sapatos com salto muito alto (pelo menos eu ainda não desenvolvi o dom de correr atrás da Clara assim..), saia curta e blusa tomara-que-caia (essas são muito perigosas). Ahh e esqueça completamente "ficar deitada na cadeira de praia pegando um sol"... Never more querida amiga, mas não se desespere porque você vai correr atrás do seu bebê na praia e vai conseguir tomar bronzeado por inteiro.

E que o melhor amigo da mãe é o corretivo de olheiras...

Ando descobrindo nesses últimos tempos também que (desculpem o tom escatológico) fazer cocô sozinha é um luxo, pois minha filha fica no banheiro comigo e ai de quem quiser tira-lá de lá e eu dou graças a Deus quando ela senta no chão porque tem algumas vezes que ela fica no meu colo. Sente o drama !!

Mães não falam palavrão, não bebem e também não fumam, afinal filhos repetem absolutamente tudo que a gente faz...

Então chega né benhê, pois quem leu esse texto até agora ou está chorando de desgosto ou está me achando uma louca.

Não não amigas...são só algumas verdades, afinal mães continuam sendo seres humanos, não é ?

Mas filhos também nos ensinam o quanto somos poderosas, pois passamos por tudo isso e por muito mais e passamos felizes e ainda assumimos papéis de esposas, filhas, amigas e profissionais

Filhos nos ensinam como somos lindas, nos ensinam que o mundo pode estar contra nós, mas eles estarão a favor (pelo menos enquanto crianças...), nos ensinam que independente de como foi o seu dia, eles te esperarão ansiosos em casa na maior felicidade do mundo.

Faça chuva ou faça sol, esteja você de bom ou mal humor, esteja você de TPM, esteja gorda ou magra, com cabelo arrumado ou desgrenhado...ele te oferecerá o sorriso mais sincero, o abraço mais apertado, o olhar mais cumplice e o beijo mais melado.

E é por tudo isso que sempre vale a pena....


Laura Ribeiro Barbosa


Laura é mãe da Clara de 3 anos, profissão-mãe que exerce com muito bom humor, paciência e uma pequena dose de culpa. É também ex-advogada e foi por ser mãe da Clara e carregar essa dose de culpa comum a todas as mães que ela largou a advocacia para parir seu “segundo filho” a Laranjeiras Kids- uma loja virtual de roupas e calçados infantis. A Laranjeiras surgiu da vontade de viver a maternidade na plenitude mergulhando inteiramente nesse maravilhoso universo que é ser mãe.”

Um comentário:

  1. Olá Laura, adorei seu post. É bem isso mesmo.
    Obrigada por partilhar conosco suas experiências.
    Um beijo
    Roberta groba

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...