terça-feira, 1 de novembro de 2011

Dicas sobre: Birras, Agressividade e desfralde - by Thany

Olá pessoal!
Deixa eu contar uma coisa para vocês pois vale a pena: semana passada levei minha filhota na consulta de 1 ano e 9 meses, amigos a cada dia que passa eu me apaixono mais pelo profissionalismo, amor e dedicação do pediatra da Isabela, o Dr. Marcelo... Ficamos 40 minutos no consultório e ele tocou em 3 aspectos que quero compartilhar com vocês, é claro que ele não é o dono da verdade mais nessa fase, quanto mais dicas, melhor, não é mesmo???


1º Birras:

Ele falou sobre a questão dessa fase de 1 ano e meio a 2 anos e meio (terrible two), não adianta, a maioria deu, dá ou dará birra, e essa birra só se combate com o desprezo..... nada adianta, a birra deve e precisa ser desprezada, não tem conversa, não tem que chamar atenção, ela vai acontecer e o máximo que devemos fazer e desprezá-la para não virar show, pois o que eles querem é platéia, e se não tiverem essa platéia, com o tempo eles desistem.... claro que vai acontecer mais de uma vez, mas ele aconselhou a sempre desprezar, sair de perto, virar a cara, mudar de assunto (na opinião dele essa é a melhor tática), se fazer de louco mesmo.


2º Agressividade:



A mesma coisa quanto às birras, é da fase, mas esses ataques de agressividade devem ser combatidos com jogo psicológico. Se seu filho bater em você ou em outra pessoa ou crianças, não adianta brigar, bater, falar alto, tudo isso é pior. De acordo com o pediatra, nessa fase eles usam muito a lei da ação e reação, são como macaquinhos ou papagaios que imitam tudo que a gente faz ou fala, sem muito raciocínio, por impulso mesmo, ou seja, se ele te der um tapa e você devolver, ele vai achar que isso é normal e continuará te dando tapas.... no caso da agressividade ele nos aconselhou a colocar eles no chão, ficar de joelhos na altura da criança e fazer o joguinho sentimental: "a mamãe cuida de vc com tanto amor e carinho, leva para passear, brinca, faz comidinha e suco e você faz isso com a mamãe?" - vira e saia de perto. Ele disse que a reação mais natural da criança será ficar triste, ir atrás, dar beijo, ou ir atrás tentando chamar a atenção de outra forma.... devemos então aceitar e esquecer, não tocar mais no assunto. Se o problema é com amiguinhos, faça a mesma coisa: "tadinho do amiguinho, ele gosta tanto de você, brinca com você, é seu amiguinho e você faz isso com ele, a mamãe e o amiguinho estão muito tristes" e saia de perto.


3º Desfralde:

Na consulta do trimestre anterior o pediatra ja havia dito que nesta trataríamos disso e já tinha nos recomendado a criar intimidade dela com o vaso, colocando ela sentadinha no vaso pra pentear os cabelos, escovar os dentes... e sempre que a gente fosse no banheiro ir convidando ela pra ir junto, tipo a mamãe vai no banheiro fazer xixi, vamos junto? E isso eu fiz, a Isa não tem medo do vaso e fica um tempão sentada nele sem medo, eu inclusive estou cortando as unhas dela sentadinha no vaso também, tudo pra ir criando essa "intimidade". Bom, nessa consulta o doutor disse que o primeiro desfralde deve ser do xixi, confesso que me surpreendi pois sempre achei que era o cocô primeiro, já que é o que eles normalmente reconhecem primeiro, mas ele explicou assim: o cocô normalmente a criança tem uma rotina de horário para fazê-lo, então ele nos orientou a deixá-la de calcinha e de no máximo 20 e 20 minutos levá-la no banheiro ou no penico pra fazer xixi e toda hora perguntar se ela quer fazer, insistentemente. Ele disse que certamente acontecerão xixis na calcinha por uns 3 - 5 dias. Quando acontecer é pra trocar a calcinha (ou cueca, é claro hehehe) e dizer: vamos fazer no vaso (penico) pede pra mamãe (ou pra titia ou pra quem quer que seja que esteja com a criança).
Quanto ao cocô, na hora rotineira do mesmo, levar a criança para o penico ou para o vaso com redutor e deixar ela sentadinha com um livrinho que ela goste ou penteando o cabelo de uma boneca por exemplo, deixar o máximo que ela aguentar, se não fez não tem problema, coloca as fraldas e certamente ele vai sair de perto e fazer o coco escondido, ai a gente tira e coloca só a calcinha (cueca) novamente..... sem pressa, sem neuras.... Ele me aconselhou a comprar umas 10 calcinhas e ter muita paciência, ele disse que essa é a melhor e a fase mais fácil pra eles aprenderem e que o desfralde noturno só depois de 2 anos e meio. Ele disse também que crianças que ficam em berçario tem mais facilidade em aprender pelo fato do conjunto, vê um indo no vaso e não usando fralda e se sente estimulado.

Entre várias outras coisas o pediatra me disse que no ultimo congresso de pediatria foi muito discutido sobre a tendência do país para adaptar-se a escolas de período integral, ele disse que foi feita uma pesquisa e que crianças que estudam em período integral, além de um melhor aproveitamento escolar, possuem melhor alimentação e hábitos mais saudáveis, pois somos nós, os pais, que estragamos as crianças hehehehhe.

Espero ter contribuído!!!

Beijos

Thany

Fonte: Dr. Marcelo Martins Machado (62) 3285-6133 - pediatra da Isabela

3 comentários:

  1. Q engraçado desfralde do xixi primeiro! A minha filha só faz coco no banheiro e agora nas ferias vou tentar desfraldar de vez! Vamos ver ! Quanto as birras e agressividade, e bem assim q faço, ignoro! Ela corre atras de mim toda melosa! Kkkk
    Bjooo bjooo

    ResponderExcluir
  2. Amei as dicas amiga. Esse pediatra da Isa é tudo de bom hehehe Quem dera todo médico fosse assim, dedicado, né?
    Adorei a discussão que ele fez no final, sobre escola de tempo integral, está me fazendo repensar quanto a isso pro FH futuramente.
    Beijos!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. as dicas são oteemas, com certeza! e mesmo sem saber estava fazendo tudo certinho!!!
    estamos progredindo!!! rsrsrs
    beijos amiga o post esta excelente!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...