quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Eu não planejei assim - by Anne


Olá queridas leitoras e leitores, quantas vezes depois de sermos pai e mães não nos deparamos com essa afirmação acerca de nós mesmos. De certo, muitas vezes, pelo menos aqui em casa isso já ocorreu, fato é que a partir do momento que nos tornamos pais e mães nada mais será tão planejado como foi até o dia que adentramos um local chamado maternidade, o ato de entrarmos neste local chamado maternidade se torna o divisor de águas entre planejamento e o que de fato se torna acontecimento.

Essa semana fui surpreendida com o encantamento do Gabriel pela escolinha, o Gabriel tem 1 ano e 8 meses, prestes a fazer 1 ano e 9 meses, pois bem, fomos conhecer a escola afim de efetivarmos apenas a matrícula para o ano que vem e adivinhem?! O meu esposo ficou tão encantando quanto o Gabriel que me convenceu de matricularmos ele já para socializá-lo, isso mesmo, naquele dia, eu “morri” por dentro confesso, chorei, pensei, pensei e não consegui chegar a uma conclusão, o fato é que eu não planejei assim.

Eu planejei preparar o material com todo cuidado do mundo, eu planejei fazer as etiquetas bem elaboradinhas com o nominho dele, eu planejei planejar e quando percebi o que de fato acontecia, eu pensei...meu Deus, eu não planejei assim, mas por outro lado pensei, e quem disse que daquele jeito daria tão certo? Pois é, ninguém me deu garatntia nenhuma de que planejando tudo daria super certo, foi ai que resolvi deixar meu lado metódico um pouco de lado e viver a oportunidade da antecipação da matrícula, além de no fundo ter certeza que o papai que sempre está presente em todas as decisões em relação ao Gabriel, preocupado como de costume com educação, 2ª língua, enfim, a tudo que é relacionado ao nosso pequeno, nunca deixaria de escolher o que entende ser o melhor, claro que nos limites da nossa humilde opinião.

Hoje Biel foi novamente para a adaptação que como dizem as professoras e o diretor da escola, está sendo adaptação para mim, porque o Gabriel chora para vir embora, eu suponho que tenha gostado de lá.

Isso ainda vai acontecer muitas vezes comigo no exercício da maternidade, eu sei, e para isso preciso estar preparada, afinal nem tudo precisa ser necessariamente planejado para dar certo não é mesmo?! Afinal de contas olhar para essa carinha ai do lado me deixa no mínimo confortada com a decisão, um sorriso de quem estava esperando por muito tempo poder partilhar experiências com novos amigos, um sorriso de quem está ganhando a "liberdade", um sorriso de felicidade.

E você enquanto mãe ou pai, o que pensa acerca de planejamento das nossas expectativas em relação aos pequenos? Já se sentiu frustrado?

Como se pode notar, eu sempre planejo planejar e isso me deixa maluca, confesso!

Conte-nos sua experiência.

Grande beijo

7 comentários:

  1. Não adianta planejar muito, eu planejo só básico, e quanto a ir para escolinha, sofri, sofro e sofrerei, vou explicar, sofri quando Ad foi pra aula com 3 anos e meio , sua adaptação foi dificil pq ele não queria tirar a soneca da tarde, sofro pq o Bj já está na escolinha desde os dois e meio, hj com 4 ainda diz que odeia ir, e olha q já fui lá , lá ele tá bem ,come e brinca, então sei que o problema é q não quer me largar e sofrerei pq a Bbl tem 1 ano e 5 meses e não quero que ela vá pra escolinha , e nem sei quando vouter coragem de coloca-la, então sei que não adinata planejar, tem coisas que vem hora certa e boa sorte, Bjs Cynthia

    ResponderExcluir
  2. Amiga, eu espero que dê tudo certo na nova escolinha do Bi. O importante é que ele está adorando né? Nem sempre mesmo as coisas acontecem como gostaríamos, e isso às vezes é a melhor coisa do mundo. O Biel tá lindão demais puxando essa mochila hehehehe
    Beijos!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Pois é amiga, depois que a gente vira mãe, temos que aprender (muitas vezes "na marra") que nem tudo dá para planejar. Mas felizmente, quase sempre dá certo.
    Eu também ouvi das tias da creche que a adaptação geralmente é da mãe, pois o bebê já chega lá adpatado...rs... É a gente que sofre mais, com medo pelo que pode acontecer com os nossos tesourinhos.
    O mais importante é que ele se identificou com a escolinha, ele vai amar e você vai se sentir feliz por isso.
    Amei essa foto dele com a mochilinha! Coisa mais linda do mundo!
    Vou mostrar para a Sophia...heheh
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Lindo!!!! Lindo!!!!!
    A alegria dele compensa tudo!!!
    Aqui foi bem fácil, MC foi com 2 anos e 4 meses numa boa nem olhou para trás. Agora com a Marina não sei ainda, nem vou planejar o que tiver que ser será.
    Ai amei essa foto!!! Bjo grande!!!

    ResponderExcluir
  5. Pois é amigas eu estou como citou a Aberg, "na marra" aceitando toda a situação, de segunda para cá estou bem melhor eu diria, nada como o tempo não é mesmo?! AMO VOCÊS!

    ResponderExcluir
  6. Que lindo o encantamento do Biel! Nem levei a Jade para ver a reação dela. Mas ela ja está matriculada para o ano que vem! Tb sou metódica como tu! rs A adaptação que é braba para nós, né?

    ResponderExcluir
  7. Sou como você, planejo planejar e quando algo sai fora do que estabeleci fico perdidinha =/
    Mas que bom que ele se adaptou bem e agora só falta a mamis se adaptar né heheh se ele chorasse seria muito mais difícil.
    Eu fico tensa só de pensar nisso porque uma vez o Pedro ficou na escolinha da igreja e já fiquei com um bico de 1 metro, imaginando 1001 coisas (que ele ia comer pipoca, se engasgar e morrer entalado por exemplo rs) imagine quando ele for pra escola rsss
    Falei com minha mãe hoje que pretendo matriculá-lo pra 2012, quando terá de 2 pra 3 anos. Já planejo assim pra acostumar com a ideia rsss
    Ele ta muito fofo com essa mochila e esse sorriso sapeca.
    Bjs,
    Mi

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...