quarta-feira, 29 de junho de 2011

A Importância do Ácido Fólico durante a Gravidez - by Camila

http://horizontepleno.blogspot.com
Não é de hoje que ouço falar que a gravidez hoje em dia não deveria ser de apenas 9 meses e sim de 12! Não, não! Não precisamos ficar com aquele barrigão por mais 3 meses!! Não se desespere! Deveríamos planejar a gravidez! Planejar não só com relação à quantidade de filhos e o espaçamento entre gravidezes, mas a qualidade da gravidez que você pretende ter.
Hoje vou deixar registrado aqui no nosso cantinho a importância do Ácido Fólico durante a gravidez, ainda mais com a alimentação que temos hoje em dia.

O certo seria se a gente tivesse uma alimentação adequada durante toda a vida, mas muitas vezes a correria do dia-a-dia nos faz lançar mão de fast-foods... Então, vamos tentar nos alimentar bem, pelo menos por 1 ano (quem sabe você não consegue esticar por toda a vida) para que a gravidez corra bem? O Ácido Fólico é encontrado em vegetais de folhas verde-escuras, frutas, grãos (feijão), fígado e gema de ovo.
Bom, mas para suprir a necessidade do organismo para a qualidade dos folículos da mulher é aconselhável tomar 400 mcg de Ácido Fólico uma vez por dia três meses antes do mês que você pretende começar seus treinos.
Existem vários complementos na farmácia, dos baratinhos para os caros. Tomei ambos e não vi diferença... Mas tome aquele que seu Ginecologista-Obstetra indicar!

Mas por que fazer complemente de Ácido Fólico (AF)?
O Ácido Fólico, ou folato, é uma vitamina do Complexo B (vitamnina B9) e é fundamental para que a coluna do bebê se desenvolva corretamente, o que ocorre nas quatro primeiras semanas de gestação (geralmente as primeiras semanas que a gente desconhece que está grávida!), evitando defeitos do tudo neural (que é o sistema nervoso primitivo do feto), com falha no desenvolvimento do cérebro e da medula espinhal.

Pesquisas holandesas mostram que mulheres que tomaram AF tem 20% menos risco de ter filhos com problemas cardiácos congênitos.
Pesquisas norte-americanas mostram que o AF ajuda na prevenção do parto prematuro.
Não se deve abandonar o AF durante o primeiro trimestre, que é a fase em que o sistema nervoso está em desenvolvimento!!
É importante saber que o uso de determinados medicamentos (antibióticos, antiepiléticos, remédios para úlcera e colesterol) são capazes de prejudicar a absorção da vitamina do organimos. Então somente faça uso desse tipo de medicação com indicação médica!


Mas se você não começou a tomar o AF 3 meses antes, comece a tomá-lo assim que descobrir a gravidez!

Fontes:
http://bebe.abril.com.br/gravidez/alimentacao/acido-folico-gravidez.php
http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI72681-10544,00.html
http://boasaude.uol.com.br/lib/ShowDoc.cfm?LibDocID=3942&ReturnCatID=1775
http://guiadobebe.uol.com.br/acido-folico/

2 comentários:

  1. Adorei o post.
    Eu tomei ácido fólico assim que descobri a gravidez e até o final do terceiro mês de gestação. Depois tomei suplemento vitamínico até o final d gravidez. Acho super importante. Meu GO explicou que o bebê não fica sem as vitaminas que precisa, então ele suga da mãe, por isso a importância da gente repor com os suplementos.
    Beijos!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Na primeira gravidez comecei a tomar logo no início,já na segunda comecei em Fevereiro e engravidei em Maio.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...