segunda-feira, 6 de junho de 2011

Chupeta, sim ou não? - by Luana

Esse é um assunto polêmico, oferecer ou não a chupeta pro meu bebê?



Bom, aqui em casa a chupeta foi importantíssima, porque como não pude amamentar a minha filha por ter o bico do seio extremamente invertido, e, com a mamadeira, embora a fome já estaria saciada, o bebê ainda tem a necessidade de continuar sugando para estimular o crescimento e o desenvolvimento da face, uma vez que o ato de sugar atua no desenvolvimento dos músculos e dos ossos da face em geral. É esse estímulo que vai fazer com que a face da criança se desenvolva de forma harmônica, assim, achei importante estimular o uso desse acessório com minha filhinha.


A sucção tem um efeito psicológico muito importante, pois acalma e satisfaz o bebê, e aqui em casa, por mais esse motivo, ela foi importante nos primeiros meses de vida da minha Camila, já que ela tinha muita cólica. Além disso, seu uso foi importante a partir do momento que ela foi para o berçário, pois era como se ela estivesse acolhida na minha ausência, com sua chupetinha e sua naninha.


Outro motivo que nos levaram a decidir pela chupeta no caso da Camila foi porquê quando ela nasceu ela tinha uma mania de ficar colocando a linguinha pra fora o tempo todo. Levamos na fonoaudióloga que disse que esse problema é facilmente corrigido com a sucção promovida pela chupeta, e deu super certo, com uns três meses Camila não tinha esse probleminha mais. E ainda, ela nos orientou que mil vezes melhor o uso da chupeta do que chupar o dedinho, esse sim seria muito prejudicial.


Mas é claro que tivemos os cuidados necessários para a escolha da chupeta: uso de chupeta ortodôntica de acordo com a idade, isto é oferecer a número 01 para zero a seis meses, a número dois para seis a dezoito meses; esterelizar diariamente; nunca usamos prendedores de chupeta pra evitar dela usar o tempo todo, e, sim só na hora de dormir (funcionou); trocá-la periodicamente, ainda mais se furasse; não incrementar a chupeta com coisas doces, entre outras.


No entanto o uso exagerado da chupeta resulta em alguns problemas como: otites; problemas de fala quando usada o tempo todo; prejuízo à amamentação. Entre os problemas dentários destacamos: a chupeta pode gerar uma mordida aberta anterior (quando os dentes da frente e de cima não recobrem os de baixo) que pode vir acompanhada ou não de uma interposição lingual (a língua é projetada para o espaço entre os dentes), uma mordida cruzada posterior (o céu da boca fica estreito) ou até mesmo uma associação desses problemas.


Agora largar a chupeta eu não sei mesmo como será, quem sabe daqui um longo tempo venho contar essa experiência. E seu bebê, usa chupeta? Conte-nos sua experiência.

A Kécia também já escreveu sobre chupeta neste post.

11 comentários:

  1. Aqui em casa FH também só dorme com chupeta. A "pepeta" hehehe
    E eu também não faço a menor idéia de como tirar essa mania. Bom, mas só vou me preocupar com isso quando ele fizer 2 aninhos né? hihihihi
    Ótimo post.
    Beijos!!!!!

    ResponderExcluir
  2. POis é...complicado...Tbem sou super a favor de chupeta, acho q acalma e acalenta lá em casa chamamos a chupeta de "psicólogo" hehehehhe mas de uns tempos p cá a Isa anda muito apaixonada na chupeta...antes era só p dormir...agora ela quer o tempo todo...chora pedindo o "didi"...estou sem saber o q fazer... adorei esse post!!

    ResponderExcluir
  3. Heitor usa a chupeta, (aqui chamamos de bico), na verdade eu insisti bastante para ele pegar principalmente porque ele ia para a creche e eu sei que com a chupeta ele se sentiria mais calmo e mais acalentado quando estivesse longe da mamãe, ele chupa mas não acho ele muito apegado nela, ofereço na hora do soninho ou quando chora, mas ele consegue dormir se não estiver com ela tb, por isso não o acho tão viciadinho! Eu não faço idéia quando vou tirar isso dele, vou pensar nisso mais para frente tb... um grande beijo Lú...

    ResponderExcluir
  4. Aqui em casa as meninas não quiseram chupeta, a Maria Clara cuspia longe e a Marina até pegou um pouco mas é mais para brincar mesmo do que chupar.

    ResponderExcluir
  5. Aqui tb fiz questão de dar chupeta pra Rafa, marido no início não queria muito mas hoje ele acha importantíssimo. Realmente a danada acalma a criança! A Rafaella tb tá muito viciada em chupeta, começou usando só pra dormir e agora quer toda hora, acho que vai ser difícil na hora que tiver que tirá-la! Chupeta, eu recomendo!

    ResponderExcluir
  6. A Sophia demorou um pouco para querer chupeta. Como ela não pegava bico de mamadeira de silicone, também não quis a chupeta de silicone. Até o dia em que resolvi comprar uma de látex, mas demorei para encontrar, porque quase não existe mais no mercado. Eu nunca fiz força para ela perga chupeta, mas tem horas que ajuda muito, principalmente para dormir e quando o bebê fica enjoadinho. Com isso ela só passou a chupar chupeta a partir dos seis meses, antes disso cuspia fora...rs...
    Agora ela pede a "pepê" e chora quando cai da boca á noite e ela não acha, mas só usa mesmo nas horas perto do soninho. Nos outros horários ela tagarela tanto que nem lembra da chupeta...kkk

    ResponderExcluir
  7. Largar a chupeta pode ser bastante complicado, mas lembro que qdo era pequena, por volta dos 3 anos, eu já estava no jardim e só eu usava chupeta da minha turma, pq eu era a mais nova. E eu tinha vergonha de usar na escola. Com isso, eu mesma quis jogar fora, mas no fim do dia eu chorava pq sentia falta da chupeta para dormir...kkk e lá vinha a minha mãe com a chupeta reserva, pois a outra eu já tinha jogado no jardim de casa....rs...
    Acho que demorei alguns meses para conseguir ficar totalmente sem a chupeta (não lembro bem), mas foi por vontade própria e a minha mãe nem teve o trabalho de se preocupar com isso.
    Será que a gente vai ter essa sorte também?

    ResponderExcluir
  8. Oi pessoal. Então o tema é chupeta, bico, bibi, etc, etc... Eu era super contra o bico até que um dia li uma reportagem de uma fonoaudióloga que dizia que é aconselhável dar o bico as crianças para fortalecer a musculatura da boca. Pronto. Foi um ponto a favor. E depois li que é melhor a criança chupar o bico do que o dedo porque depois é mais fácil tirá-lo por ser um objeto e não parte do nosso corpo.
    Aqui em casa, o Arthur, hoje com 5 anos, chupou bico até os 3 anos aproximadamente. Fui tirando aos poucos. Durante o dia, não levava pra escola (trabalho em parceria com a escola é importante), não oferecia mesmo se estivesse chorando ou pra dormir, ... Nunca lembrava ao Arthur sobre o bico. Oferecia sempre um brinquedo no lugar do bico. Se ele pedia eu dava, mas eu nunca oferecia. Aos poucos ele foi desacostumando e o dia final foi quando depois de meses de preparo ele dormiu sem o bico. Desse dia em diante não chupou mais. Foi difícil, ele acordava a noite, pedia o bico e sempre dava algo pra ele beber ou comer. Algo que pudesse "massagear" essa zona oral. Isso durou mais de 15 dias. Foram dias dificieis, ele dormia pouco e eu tambem, mas já estávamos preparando isso por algum tempo. Estimativa de tirar o bico com meu filho durou uns 6 meses. Muito tempo? Mas sou a favor de que essas etapas que mexem com o emocional da criança seja feito com paciencia e persistencia.
    Mais uma diquinha: nunca falei com o Arthur que estava tirando o bico dele. Assim, tudo foi gradativo sem grandes sofrimentos.
    Outra dica: nunca tirar o bico quando algo importante estiver acontecendo na familia. Pode ser o nascimento de outro bebe, perda de algum familiar, mudança de casa, qualquer acontecimento que interfere na rotina da criança e da familia em si.
    Super beijo e espero que tenha contribuido um pouco com a minha experiencia pessoal e profissional, Cristina

    ResponderExcluir
  9. Nossa Cris, parabens, vc foi muito persevereante, adorei seu recadinho. Eu quero tirar a chupeta da Camila com tres anos tb, será que vou conseguir? espero que sim.
    Meninas, obrigada pelos comentarios
    bjs bjs bjs

    ResponderExcluir
  10. Acho super importante deixar aqui registrado q o bacana dessas dicas da CRISMARA é q alem de mãe ela é psicologa!!!

    Obrigada Cris por ser sempre tão presente!!!

    ResponderExcluir
  11. Bom, aqui em casa a Jade não aceitou chupeta apesar de termos comprado de todos os tipos, da de 1 real até as mais caras... E como ela se acalentava com o dedinho, não esquentei muito a cabeça com isso não. Ela chupa o dedo somente na hora de mimir quando ela pega a Naninha dela. Mas mesmo assim, o dedinho tá calejado... Vamos ver se ela vai largar sozinha ou precisará de incentivo. Eu chupei chupeta até uns 2 anos e segundo minha mãe, eu peguei a chupeta e entreguei pra ela falando que não queria mais e nunca mais pedi!! (madura essa menininha! kkkkkkk) Sobre o dedo uma prima só parou com 12 anos... vou deixar rolar e ver como será...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...