quarta-feira, 9 de março de 2011

Passeio de carro x segurança do bebê - by Camila

Quando você sai com seu bebê de carro, no que você pensa primeiro?
(  ) Dar aconchego ao pequeno
(  ) Quanto tempo a viagem vai demorar
(  ) Segurança do bebê durante a viagem
(  ) Nada vai acontecer

O ideal seria que você marcasse a opção "Segurança do bebê", mas será que foi isso mesmo que você pensou primeiro?
Conheço um monte de gente que só usa a cadeirinha do bebê por causa da multa e não pela segurança (e gente que trabalha com reabilitação de pessoas que sofreram acidente). E você usa por que?
Minha bebê saiu da maternidade em seu bebê conforto, devidamente amarrada no cinto de segurança. Tão pequenina que sumiu nele, mas eu sabia que ela estava segura.
Hoje toda vez que saímos, ela já espera a gente coloca-la na cadeirinha e passar o cinto de segurança.
Meu pensamento? Continua o mesmo: minha princesinha está segura.
Por estar acostumada a sempre andar de carro sentadinha na sua poltrona, ela nunca esperneia querendo sair. A única vez que ela esperneou para sair, ainda bebê num engarrafamento, a gente tentou distrair, conversou, mas não a tirou dali, porque ela precisava saber que ali ela teria que ficar até chegar em casa. Foi sofrido para nós? Foi. Mas em hipótese nenhuma eu a tiraria do cantinho seguro dela. (Sou caxias pacas, né?)

Mas sabia que uma cadeira mal instalada porde ser pior que um bebê solto? O cinto de segurança do carro, que segura a cadeirinha, deve estar bem preso na fivela e tensionado, sem dar voltas em si mesmo e sem folgas! O cinto do bebê, o da cadeirinha, tem que ter apenas 1 dedo de folga! Mais que isso ele vai passar os lindos bracinhos na folga e se livrar rapidinho do cinto e andar livre, leve e solto pelo interior do carro.

Também não se esqueça de adquirir uma cadeirinha com selo do INMETRO. Vai comprar a sua um brechó perto de casa? Vai pegar emprestada de alguém? Procure saber o "histórico" dessa cadeirinha! Se ela passou por uma batida, mesmo que leve, já não presta mais, pois já cumpriu sua função e certamente teve seus componentes comprometidos e numa segunda batida ela não aguentaria e poderia soltar o bebê. E pra que você vai usar uma cadeira que não vai segurar seu bebê?


E como instalar a cadeirinha do bebê corretamente? Somente o manual de instruções poderá lhe dizer como instalar corretamente o modelo da cadeirinha que você tem! Leia-o com atenção! (Uma dica: procure pelo modelo da sua cadeirinha no Youtube, que geralmente você encontra alguém ensinando a instalar!)
Antes de mais nada, você tem que saber se o modelo que você quer comprar é adequado para seu pimpolho.
Geralmente, as cadeiras seguem este padrão:
- Até 1 ano (até 13 kg) o bebê deve andar de costas para o movimento, pois numa eventual batida traseira, o pescoço do seu bebê estará protegido do rebate que ele pode sofrer.
- De 1 a 4 anos (aproximadamente de 9 a 18kg), usa-se a cadeira de segurança, virada para frente do movimento, sendo que a criança fica presa ao cinto da cadeirinha, e esta presa ao cinto de segurança do carro.
- De 4 a 7 anos (aproximadamente de 18 a 36 kg), usa-se o assento de elevação, com a criança presa ao cinto do carro.
- Acima de 36kg (ou 1,45m de altura) a criança pode sentar no banco do carro, usando o cinto de segurança do mesmo.
Obviamente, as cadeirinhas devem estar no banco traseiro do automóvel, preso a cinto de três pontos. (Não sei se existem cadeirinhas para cinto de dois pontos...).

Leia mais em: http://criancasegura.org.br/page/guia-da-cadeirinha-1

As cadeirinhas no mercado dividem-se em grupos. Do site do INMETRO:
Grupos: de acordo com a NBR 14.400, os dispositivos de retenção para crianças são divididos em cinco grupos:
a) grupo 0: para crianças de até 10kg, altura aproximada 0,72m, até 9 meses de idade;
b) grupo 0+: para crianças de até 13kg, altura aproximada 0,80m, até 12 meses de idade;
c) grupo I: para crianças de 09kg a 18kg, altura aproximada 1,00m, até 32 meses de idade;
d) grupo II: para crianças de 15kg a 25kg, altura aproximada 1,15m, até 60 meses de idade;
e) grupo III: para crianças de 22kg a 36kg, altura aproximada 1,30m, até 90 meses de idade.
Um mesmo modelo, inclusive, pode servir a mais de um grupo.


No mais, é ir na loja e escolher o modelo apropriado, da cor que você e seu pimpolho querem e da marca que desejar!


Minha experiência: para a Jade, até pouco mais de 9kg, usamos o bebê conforto da Infanti que vinha com o carrinho, já que compramos um Travel System. Ele tinha 5 pontos e era ótimo (ainda é pq tá guardado!). Tem uma base para ele, mas não compramos! Só que a pequena chegou num ponto que ficava encolhida demais e resolvemos adquirir outro modelo que fosse mais abrangente, que fosse de 9kg até uma pesagem superior. Nisso, vimos a Star da Infanti e a Neo Matrix da Burigotto. Vendo uma e outra, cada uma possui seus prós e contras, no nosso caso, optamos pela Neo Matrix, pois ela ainda ficava parecida com um bebê conforto e tinha que poder ficar virada para trás, já que a Jade ainda não tinha 1 ano de idade. Mas, como o assento de meu carro é inclinado, a cadeirinha ficava mais inclinada ainda e a cabeça dela pendia quando ela dormia... Quando completou 1 ano de idade, viramos a cadeira para frente e ela ficou mais confortável! Agora ela tem altura para ver os brrrrrrrs (ônibus e carros) e se distrair com a paisagem. Quando for para um assento de elevação, vamos ter que comprar outro... (O que não aconteceria se tivéssemos comprado a Star, que vai até 36kg, virando booster...)


Fontes: http://criancasegura.org.br/, http://recomadres.blogspot.com/, http://www.inmetro.gov.br/,


P.S.: Você tem Facebook? Vai lá e curte a nossa página do bloguinho, assim a gente poderá montar uma página de discussão, colocar fotos, etc Facebook - Blog Mamis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...