quinta-feira, 29 de julho de 2010

As cores dos alimentos - by Maryna


Gente, é legal conhecer as propriedades dos alimentos na hora de selecionar o que colocar nas papinhas dos bebês e até no seu próprio prato!!! Acho que todo mundo já ouviu dizer que qto mais colorido melhor!!!
Segue algumas matérias:

O valor terapêutico de plantas, ervas e frutas é um aspecto muito importante para uma melhor integração do homem com os alimentos que consome, em busca de um equilíbrio do corpo humano. Este equilíbrio pode ser prejudicado pelo processo de oxidação celular, gerando a formação de resíduos.
As reações químicas desta oxidação podem ser reduzidas através de uma alimentação saudável, ativando assim o código genético para a emissão de células com potencial de geração de energia orgânica e mantendo as estruturas orgânicas em equilíbrio.

Os sucos verdes atuam como nutrientes de alto teor energético e que podem modificar completamente o comportamento do organismo, agindo nos músculos, nervos e dificultando a aquisição de doenças. As hortaliças, principalmente as de folhas verdes, possuem substâncias chamadas fitobioquímicos, as quais combatem os radicais livres e alguns tipos de tumores.

O consumo de alimentos industrializados, os quais são pobres em elementos bioorgânicos, carboidratos e proteínas, sem a ingestão adequada de verduras, legumes e frutas, aumenta a oxidação pela ausência de elementos importantes para a eliminação de subprodutos tóxicos do metabolismo.

Estudos mostram que a ingestão de grande quantidade de hortaliças pode neutralizar a formação de radicais livres e carcinógenos. Esta quantidade pode ser de aproximadamente quatro porções de folhas verdes, legumes e frutas ou quatro copos de sucos clorofilados, à base de verduras.

Se a pessoa obtiver os nutrientes de fontes bioorgânicas variadas, conseguirá aumentar os níveis de oxigenação nas células, fazendo com que o núcleo celular gere energia orgânica de alto nível biológico, proporcionando ao organismo uma performance orgâncio-energética melhor.

Os sucos verdes à base de fitobioquímicos, clorofila, vitaminas e minerais bioorgânicos promovem uma simbiose de nutrientes reestruturadores e ao mesmo tempo desintoxicadores, que fluidificam o circuito bioenergético do corpo. O crescimento e a reprodução das células se processam a partir do alimento que penetra no corpo, principalmente os alimentos verdes e frescos.


A CLOROFILA

A clorofila ganha importância entre as substâncias que não têm valor nutricional mas que exercem papel fundamental nos processos bioquímicos de desintoxicação das células.

De acordo com G. W. Rapp, a clorofila possui ação antibacteriana, apresenta indícios de agir como cicatrizante e estimula o crescimento de tecido novo, reduzindo o perigo de contaminação por bactérias.

A clorofila combate o crescimento de tumores, principalmente os pulmonares, atuando sobre as glândulas endócrinas, evitando tumores linfáticos e enriquecendo o sangue, liberando as artérias entupidas.

As maiores fontes desta substância são as hortaliças de folhas verdes.


GRUPO DAS CORES

VERDE
Espinafre vitamina A, C, ferro, magnésio, potássio, sódio, indóis
pimentão vitamina A, C,
manjericão vitamina A, indóis
menta vitamina A
salsa vitamina A

AMARELO
cenoura Ácidos Clorogênicos, cumarinas, flavonoides, vitaminas A, B, C, D, E, K, cálcio, fósforo, potássio, sódio
mamão fibras, vitamina A, B
pêssego fibras niacina, ferro
manga fibras, beta-caroteno, C, E, niacina, potássio, ferro, cálcio e fósforo

VERMELHO
Tomate ácido clorogênico, cumarina, licopeno, flavonoides, B2, C, ferro, potássio, magnésio, fósforo
melancia fibra solúvel, vitamina C, potássio, licopeno
cereja fibra solúvel, vitamina C, licopeno
pimentão vitamina A, C
morango fibra solúvel, insolúvel (sementes), vitamina C, folato, antocoanina, ácido elágico, ácido clorogênico e P- coumarie

BRANCO
Batata vitaminas A, B (B6), C, D, cálcio, cobre, ferro, potássio, magnésio, manganês, sódio,
cogumelo ácido glutâmico, potássio, cálcio, selênio, vitamina C e niacina
banana vitamina C, B6, folato, potássio
couve-flor fibras, vitamina C, folato, potássio
arroz

MARROM
aveia fibras,
nozes complexo B, ubiquinol 10 (coenzima Q-10)
arroz integral complexo B, alguns são enriquecidos com tiamina
integrais fibras, complexo B, ferro, cálcio

ROXO
uva fibra solúvel, ferro, potássio, vitamina C, ácido elágico, quercitiina (pigmento da casca), diminuição dos riscos de ataques cardíacos entre consumidores de vinho.
ameixa vitamina C, potássio, complexo B
figo fibras, magnésio, potássio, cálcio, ferro,
blue barries
beterraba colina, vitamina A, B6, C, ferro, sódio, potássio,
repolho roxo inodol, phenetyl, isotiocinato, ácido pantotênico, B6, C, cloro, iodo, fosfato

SUBSTÂNCIAS

Licopeno: presente em tomates, pimentão, beterraba, rabanete (casca).Substância que dá a cor avermelhada e que dificulta a degeneração das células.
Sulforane: encontrado na couve manteiga, couve-flor, couve de bruxelas, brócolis e nabo. Sintetizado artificialmente. Impedem que a molécula cancerígena se instale. Indicado para prevenir câncer de mama e cólon.
Ácidos clorogênicos e P-Coumaric: encontrado em tomate, cenoura, pimentão, abacaxi e morango São capazes de evitar a formação de substâncias causadoras do câncer, expulsando o óxido nítrico das células, formado durante a digestão, antes que ele combine com componentes das proteínas. Ajudam a prevenir o câncer de mama e a leucemia.
PEITC - Phenethyl Isothiocyanate: encontrado em repolhos e nabos. Estudos feitos com ratos mostraram que inibe o câncer de pulmão
Ácido elágico: encontrado em morangos, uvas e framboesas. Neutraliza as substâncias cancerígenas antes de invadirem o DNA. Melhora o aspecto da pele.
Genistein: encontrado na soja. Provoca suicídio das células malígnas
Indole - 3 - carbinol: encontrado na Couve-flor. Atua contra o câncer de mama
indois: proteção contra câncer (vários)
Sulfido alílico: encontrado no Alho e cebola. Energiza as enzimas capazes de desintoxicar susbstâncias câncerígenas. Detém processos inflamatórios.
Flavonóides: Está presente em quase todos os vegetais. Principalmente nas cascas de frutas cítricas. Instalam-se nas células antes que os hormônios causadores do câncer se depositem , impedindo-os de aderir ã superfície das células. Tonifica pele e músculos.
antocianina: bioflavonóide de coloração avermelhada,
ácido elágico
isotiocinato: estimulam as enzimas protegendo contra câncer de mama
cumarinas: proteção contra o câncer e previnem a coagulação sanguínea

fonte:http://www.rgnutri.com.br/sqv/saude/cores-al.php


Confira abaixo os alimentos e os benefícios de cada cor e monte o seu cardápio.

Vermelhos : A cor avermelhada é conseqüência do licopeno, um pigmento que atua como antioxidante celular. Também possuem vitamina C, antioxidante que oferece proteção contra doenças e estresse. Os grandes representantes são frutas como caqui, cereja, framboesa, goiaba, melancia, morango, nectarina, pitanga, romã e tomate, além da beterraba e do pimentão vermelho.

Amarelos e laranjas: A cor amarelada é conseqüência do betacaroteno, também conhecido como pró-vitamina A, que atua como antioxidante contra radicais livres e na manutenção dos tecidos e dos cabelos, beneficia a visão noturna e melhora a imunidade. Estes alimentos também são ricos em vitamina C, que atua como antioxidante e participa da síntese de colágeno da pele. Os principais representantes destas cores são abacaxi, manga, maracujá, melão, milho, abóbora, ameixa, caju, carambola, damasco, cenoura, laranja, mamão, pimentão amarelo e tangerina.

Verdes: A cor dos alimentos verdes é resultante da clorofila, conhecida como um potente energético celular. Mas estes alimentos também possuem quantidades consideráveis de diversos outros nutrientes, como betacaroteno e luteína, ambos antioxidantes, folatos, vitaminas C e E, cálcio, ferro e potássio. Esta cor tem como representantes as folhas verdes, como acelga, alface, repolho, salsa, agrião, chicória, couve, espinafre, rúcula, escarola e manjericão, além de abacate, abobrinha, quiabo, pimentão verde, brócolis, vagem, kiwi, ervilha, limão e pepino.

Roxos: Alimentos nas tonalidades roxa, preta ou azulada contêm antocianina, um tipo de pigmento ligado à presença da vitamina B1. Conhecida como a vitamina da disposição, a B1 é essencial para a transformação dos carboidratos e outros nutrientes que ingerimos em energia. Entre seus benefícios está o aumenta da disposição mental e a manutenção do funcionamento normal do sistema nervoso, dos músculos e do coração. Alcachofra, ameixa, amora, berinjela, feijão-preto, figo, jabuticaba, uva, repolho roxo são os principais representantes.

Brancos: A cor branca é resultante da flavina, que indica alimentos ricos em minerais, como cálcio e fósforo que ajudam na manutenção dos ossos e dentes, carboidratos e vitamina B6, que favorece a respiração das células e ajuda no metabolismo das proteínas. Alho, banana, batata, cebola, couve-flor, feijão branco, maçã, pêra, palmito, chuchu, cogumelo, mandioca, nabo e rabanete são os principais representantes.

Marrons: Os cereais integrais e as sementes oleaginosas são os grandes representantes deste grupo. Os cereais, por causa da grande quantidade de fibras que possuem, regulam o funcionamento do intestino, além de ajudar a controlar o colesterol e a diabetes. Já as oleaginosas são excelentes fontes do mineral selênio e de vitamina E, ambos com funções antioxidante, vasodilatador, anticoagulante e contra a fadiga.

Fonte: http://www.arteblog.net/dieta-das-cores-veja-como-funciona-cada-cor-na-alimentacao/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...