domingo, 21 de março de 2010

Finalmente, o meu relato de parto - by Josilda

Finalmente posto como foi o meu parto

Minha gravidez foi mais ou menos, como tenho asma, ficou mais complicada por que as crises de asma aumentaram, sem falar que comecei a ter refluxo, que piorou mais ainda a asma e com isso meu pré-natal era feito com um pneumologista, um gastro e a obstetra.
Minha ultima consulta antes de marcar o parto foi em novembro, devido aos feriados não tive consulta em dezembro, mas com 34 semanas comecei a ter contrações e no dia do natal fui parar na emergência. Como não melhorava minha GO passou inibina de 12/12 hs e buscopam de 6/6 horas. Dia 6 de janeiro fiz minha ultima ultra, Victor estava com 2890 kg (+/- isso) e pela medida do fêmur parecia que nasceria já grandão.
No dia 7/01/2010 tive minha ultima consulta com a GO, ai já não agüentava nem andar, ela então me deu a licença maternidade a partir de 11/01 e marcou meu PC para dia 17/01, eu queria que fosse dia 14/01 porque era aniversario de meu pai, mas eles só marcam PC a partir de 38 semanas, então só no dia 17/01. No dia 08/01 tive minha ultima consulta com o pneumologista que já me deu a prescrição do que iria usar assim que me internasse e o telefone da plantonista que iria me ver antes do parto.
Bem na semana anterior ao parto aproveitei para ver o que faltava, só que no dia 11/01 ( o primeiro dia de licença), resolvi andar aqui no bairro para comprar os bonequinhos de lembrancinha, quando de repente observei que minha bermuda estava molhada, pensei que Victor iria nascer naquele dia, por isso comprei as lembrancinhas que achei e voltei para casa, liguei para GO que mim passou uma ultra de urgência, consegui fazer no mesmo dia e graças a Deus tudo estava bem, segundo a medica da ultra se ocorreu perda de liquido, agora ele já estava normal.

Meu Grande Dia

Minha GO pediu para que eu chagasse cedo, então as 7:15 eu já estava lá, porém era a terceira. Segundo o setor de internamento do Hospital Espanhol, devido à superlotação da UTI neonatal o internamento era feito após o termino de cada parto, ou seja, sobe uma parturiente, tem o BB, se tudo desse certo era liberado para interna mais uma parturiente. Imagina uma coisa dessas. Já tinha uma gestante na sala de parto e uma esperando em minha frente. Mandaram-me ficar na sala de espera, que era bonita, tinha uma TV 42 polegadas, computador e uma lanchonete (eu com fome sentindo o cheiro de lanche, que crueldade), sofá confortável, mas haja coração, minha GO tentou agilizar porque ela estava fazendo o primeiro parto, mas tive que esperar mesmo. As 9:30 subiu a segunda gestante e 12:00 chegou a minha vez de internar. A pneumologista já estava esperando o meu internamento e chegou logo ao quarto, em menos de meia hora já estava subindo para o CC, não usei sonda. Foi tudo tranqüilo, no inicio sentir um desconforto respiratório, mas o anestesista resolveu rapidamente, ai foi só esperar o chorinho de Victor, minha cunhada entrou depois que tudo já estava pronto para o parto (eles não deixaram entrar antes) e às 13:50 Victor nasceu, pesando 2.910 kg e medindo 48,5 cm, chorou bem forte,levaram ele para limpar, mas era do meu lado e pude observar tudo, até a hora que a pediatra deu um pulo para escapar de uma urinada de Victor, pena que eles não deixaram fotografar (só podia fotografar depois que ele estivesse limpo), ai trouxeram ele para mim, que momento maravilhoso e inesquecível. Ai só foi dar os pontos em mim e logo após desci para o quarto, nem fique em sala de recuperação esperando passar o efeito da anestesia, tudo ocorreu muito bem, graças a Deus. A técnica de enfermagem me disse que no inicio do parto minha pressão estava 16X10 mmg por causa da ansiedade de ver Victor e após o parto 9X6 mmg. Meu marido estava acompanhado do lado de fora, e segundo minha cunhada, colocaram Victor no berçário de barriga para baixo e ele começou a levantar a cabeça, virou a cabeça para os dois lados e depois ficou com o rosto no colchão, meu marido tava doido chamando a enfermeira achando que Victor estava se sufocando kkkkkkkkk.
As 17:00 Victor desceu para o quarto e as 17:30 ele tomou leite no copinho, pois a minha GO não tinha solicitado exame de hepatite e HIV no fim da gravidez e eles tiveram que fazer lá, só depois do resultado eu pude amamentar Victor (e como gosta de mamar esse principezinho) e as 18:00 chegaram as primeiras visitas. Victor não teve dificuldade em mamar, dormia bem (até hoje não dá trabalho a noite para dormir).
Tive uma excelente recuperação (apesar de que os pontos foram mais doloridos neste segundo parto), os pontos secaram logo, a única coisa ruim foi o meu inchaço, até hoje estou inchada (de pressionar e ficar fundo o local), por isso fui a uma angiologista e parece que só com a drenagem linfática para melhorar, pois ela acha que é do parto, por via das duvidas passou um exame para eu fazer. A drenagem linfática já comecei, mas a pessoa que faz a minha massagem teve um acidente de moto e ainda falta varias sessões para terminar( fiz só 5), pior que já deixei tudo pago.
Apesar de tudo para mim a gravidez é um momento maravilhoso, uma dádiva de Deus. Sentir o nosso bebe se mexendo dentro da gente e depois ver aquele serzinho tão lindo em nossos braços é maravilhoso, é uma emoção incrível e para mim e, se pudesse, passaria por tudo de novo.

2 comentários:

  1. Amiga, parabéns pelo nascimento do Victor Gabriel, que ele traga muitas alegrias pra sua família.
    Amo você!
    Beijos!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Parabens pelo nascimento do Victinho! Cuida desse inchaço!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...